Arataca: gasto com combustíveis é 40% menor que a gestão anterior

Gasolina-Etanol-Impostos-Guido Mantega-Edison Lobão-Fe-em-JesusO consumo de combustíveis em Arataca, no Sul da Bahia, é 40% menor em relação à gestão anterior, como demonstram extratos de contratos de processos licitatórios realizados em 2010, 2011 e 2012. Em 2010, os gastos com combustíveis alcançavam a cifra de R$ 908.503,30, de acordo com extrato de publicação no Diário Oficial do Munícipio de Arataca.

Nesse período, o valor do litro de gasolina era R$ 2,69. Em 2011, o gasto chegou a R$ 966.775,00, o maior dos últimos anos, conforme pregão presencial 001/2011, homologado em 17 de fevereiro daquele ano. A gasolina custava R$ 2,74.

Com esse recurso, seria possível adquirir 352 mil litros de gasolina, um gasto médio de 30 mil litros por mês. Já em 2012, na administração do ex-prefeito Agenor Birschner o gasto foi de R$ R$ 810.000,00, quando o custo da gasolina era de R$ 2,78. Atualmente, a gasolina custa R$ 3,09.

Nos três anos as compras de combustíveis pelos ex-gestores alcançaram um gasto de R$ 2.685.000,27. Se contabilizar o ano de 2009 os gastos chegam a mais de R$ 3 milhões com combustíveis.

A administração atual reduziu drasticamente o consumo de combustíveis, com uma economia para os cofres públicos de cerca R$ 270 mil por ano. Em quatro anos, a economia pode chegar a mais de R$ 1 milhão, apesar de contar com uma frota bem maior que a anterior e mais serviços prestados à população.

Agora, o valor estimado é de R$ 739.300,00 para todo o ano, uma economia que se torna ainda mais significativa devido ao aumento do preço dos combustíveis.