Feriado do servidor público é transferido para o dia 31 em Ilhéus

Palácio Paranaguá - Foto Gidelzo Silva 1

Não serão interrompidos serviços de pronto atendimento, do Samu-192, de limpeza e iluminação públicas, bem como de transporte urbano. Equipes da Guarda Municipal, de agentes de transito e de salvamento aquático manterão as atividades neste dia.

O prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, assinou decreto número 060/2014, transferindo o feriado comemorativo ao Dia do Servidor Público, da próxima terça-feira, 28, para a sexta-feira, dia 31. A decisão foi tomada, considerando a consulta realizada junto aos servidores da Prefeitura Municipal, através de suas representações legais.
Conforme estabelecido no decreto, funcionaram durante o feriado os serviços de pronto atendimento e o Samu 192 da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau); de limpeza e iluminação públicas além do transporte urbano, coordenados pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), além da atuação dos agentes de trânsito. Ainda, a Secretaria Municipal de Administração (Sead) manterá os serviços de salvamento aquático nas praias de Ilhéus, bem como da Guarda Municipal.

Secretaria de Comunicação Social (Secom)

 

 

 

Mais de 50 mil agricultores familiares já vendem para o Programa de Aquisição de Alimentos

 

ilheussAgricultor cuida da plantação de alface sob estufa (Foto: Giuliano Martins/Fetaesp)

Produtos são adquiridos a preços de mercado e reforçam alimentação na rede pública de ensino e nos serviços socioassistenciais. Mais de 50 mil agricultores familiares do país já comercializam seus produtos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

Em todo o Brasil, 680 prefeituras e 24 governos estaduais já firmaram Termo de Adesão ao PAA e utilizam um sistema informatizado, que possibilita o acompanhamento em tempo real, desde o fornecimento dos produtos às centrais de armazenamento do PAA até a entrega às entidades beneficiadas.

Os alimentos são destinados anualmente a cerca de 20 mil entidades públicas e filantrópicas de ensino, da rede socioassistencial e em equipamentos públicos como restaurantes populares, cozinhas comunitárias e bancos de alimentos.

Em tempo: O município de Ilhéus (BA), já faz parte desta estatística, com inicialmente 62 agricultores e 10 entidades da rede socioassistencial, e com uma previsão de ultrapassar os 300 agricultores já em 2015.

Por Sérgio de Oliveira

 

 

AXXO VENCE LICITAÇÃO PARA CONSTRUIR HOSPITAL REGIONAL EM ILHÉUS

unnamed

A Axxo Construtora venceu a licitação para construção do Hospital da Costa do Cacau. A unidade será construída no Banco da Vitória, na Rodovia Ilhéus-Itabuna, ao custo de R$ 77 milhões, caso a proposta da empresa seja sacramentada e não haja recurso das concorrentes na escolha via Regime Diferenciado de Contratação (RDC). Cinco empresas participaram da licitação.

O hospital regional terá, conforme o projeto, 179 leitos, sendo trinta para Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e funcionará 24 horas. A proposta segue a linha de regionalização da saúde, segundo o Governo do Estado. O valor oferecido pela Axxo (o RDC é uma espécie de leilão com preço referencial mínimo) contemplará elaboração dos projetos de arquitetura e engenharia e construção do hospital.

- Esta é uma demanda antiga da população e estamos trabalhando com foco em avançar nesta iniciativa, que vai melhorar significativamente as condições de acesso à saúde para o povo do sul da Bahia. Estamos criando mais estrutura e condições técnicas especializadas para alcançarmos um alto grau de qualidade cada vez maior para e o povo Ilhéus e região – reforça o secretário estadual da Casa Civil, Carlos Mello.

 

 

 

Fórum reunirá especialistas de cacau e chocolate durante festival em Ilhéus

chocoO II Fórum sobre Produção de Cacau e Chocolate de Origem 100% Brasileira acontecerá no dia 25 de julho, no Centro de Convenções de Ilhéus, como parte da programação do VI Festival Internacional de Cacau e Chocolate da Bahia. O debate é aberto ao público e pretende reunir especialistas, fabricantes e consumidores interessados nas discussões em torno do chocolate e cacau de qualidade, como aconteceu em sua primeira edição, em 2013, na cidade de Belém do Pará. A mediação será do conceituado jornalista e crítico de Gastronomia, Josimar Melo.

Importantes nomes da área já estão confirmados como o produtor e pesquisador João Tavares, que explicará o que é um cacau fino de origem 100% brasileiro e como a cacauicultura da Bahia alcançou projeção vencendo prêmios internacionais; Emimar Rosa, diretor agrícola e comercial da CooperBahia, que abordará uma temática sobre os desafios de uma cooperativa para processar cacau de mais de 30 propriedades, distribuídas em diferentes municípios; e Ernerto Neugebauer, presidente e fundador da Harald, empresa nacional com mais de 30 anos no mercado e pioneira na fabricação de chocolates com cacau fino de origem, que fará um relato sobre os desafios da indústria nacional para produção de chocolate de origem 100% brasileiro.

Também estarão presentes a diretora de Hospitalidade e Gastronomia da Rede Laureate Brasil, Rosa Moraes, com uma abordagem sobre o papel da educação superior na formação dos profissionais de gastronomia do país que atuam com matéria prima de origem 100% nacional; o diretor geral do Instituto Biofábrica de Cacau e produtor de cacau e chocolate na Fazenda Sagarana, Henrique Almeida, com o tema "As estratégias institucionais e políticas no Brasil para a produção de cacau fino"; e para fechar o Fórum, Cíntia Lima, chocolatière e sócia-proprietária da Chocolat Des Arts, que trará à tona a discussão sobre o papel da chocolateria nacional na difusão de produtos elaborados com matéria prima nacional e como trabalhar a mudança de hábito do consumidor, acostumados com o "mito" da qualidade dos produtos importados.

O festival

Além do II Fórum sobre Produção de Cacau e Chocolate de Origem 100% Brasileira, outras atrações farão parte do VI Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Bahia, que este ano tem como tema geral "Uma viagem na história do cacau ao chocolate". Entre os dias 24 e 27 de julho, no Centro de Convenções de Ilhéus, estão programados cursos com chefs renomados; concurso para escolha do melhor bolo; minicozinha infantil, para as crianças aprenderem receitas com chocolate; feira de negócios, com expositores locais e nacionais; exposição de quadros temáticos e esculturas de chocolates que serão confeccionadas ao vivo; celebração, em parceria com a CEPLAC, do Dia Mundial do Cacau; e atrações culturais. O evento se configura com um dos mais importantes para o turismo e agronegócio da Bahia e se destaca por ser único do mundo neste segmento, já que reúne toda a cadeia produtiva do cacau ao chocolate, além de expor e vender os melhores chocolates do Brasil.

Organização

O VI Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Bahia é uma realização da MVU Promoções & Eventos, Instituto Biofábrica de Cacau, Associação de Turismo de Ilhéus, Associação dos Produtores de Cacau – APC e Costa do Cacau Convention Bureau e conta com o patrocínio do Governo da Bahia, Ceplac, Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia, Harald, Sindicato dos Produtores Rurais, Governo do Pará, através da FAEPA e Prefeitura de Ilhéus. Saiba mais informações através do site oficial do evento, disponível no endereço: http://www.festivaldochocolate.com/bahia/2014/