Notícias

Elevar a produtividade de cacau em 50%, de 100 produtores de cacau, no Sistema Agroflorestal, do Território Litoral Sul, no período de 4 (quatro) anos é o objetivo a ser trabalhado no Plano de Ação Territorial do Sistema Agroflorestal do Cacau (SAF), lançado nesta quinta-feira, 22, em Itabuna. A iniciativa é do Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste, em parceria com Amurc, Uesc, Governo do Estado, Território Litoral Sul, Ceplac e as prefeituras municipais de Almadina, Buerarema, Itabuna, Maraú, Ubaitaba e Uruçuca.

Luciano Veiga destacou a importância do plano de ação para os municípios.jpeg
Luciano Veiga destacou a importância do plano de ação para os municípios

As instituições integram o Comitê Gestor Territorial e, de acordo com uma das coordenadoras do programa Apoio Gerencial e Institucional às Prefeituras do Litoral Sul (AGIR), Rita Maria de Souza, têm um papel fundamental para colocar em prática o plano de ação que visa alavancar a atividade produtiva na região. “Cabe ao Comitê Gestor Territorial e local, priorizar as atividades econômicas e sociais, estabelecendo parcerias para redução dos entraves ao seu desenvolvimento e promovendo a expansão do crédito”.

Dessa forma o programa atua ativamente na organização das atividades produtivas, que nesse caso, será o cacau, favorecendo a cooperação entre parceiros e empreendedores, na difusão e inovação de tecnologia, inclusive as tecnologias sociais, e o apoio à execução de políticas públicas que promovam o desenvolvimento e inclusão com equidade da população do Território.

Dentre as entidades, a Amurc foi representada pelo secretário executivo, Luciano Veiga, que destacou a importância do projeto para a preservação ambiental, juntamente com a sustentabilidade econômica, através da melhoria e ampliação da produção de cacau. “Vai viabilizar não só a questão do cultivo e a produção desse fruto tão importante para a região, mas principalmente a melhoria econômica dos municípios, numa área que precisa ter um olhar com mais atenção de fomento por parte do Banco do Nordeste”

O evento de lançamento contou com a presença da gerente de Desenvolvimento Territorial da Superintendência do Banco do Nordeste da Bahia, Marilda Cristina de Souza Galindo. Ela falou sobre a importância do Prodeter, de “levar o desenvolvimento para a zona rural, e, não somente vislumbrar o crédito mas também oferecer uma orientação para o pequeno produtor, visando fazer a diferença na vida dessas pessoas”.

Nesse contexto, o presidente do Fórum Regional de Secretários de Agricultura e Meio Ambiente (Freade), Valdemir Lisboa, titular da secretaria de em Maraú, falou de ações para melhoria das estradas, a importância de promover ações para a comunidade do campo, além de investir na capacitação dos agricultores. “É preciso um olhar carinhoso aos agricultores, com capacitação para que eles venham produzir e permaneçam no campo”.

O Pró-reitor de Extensão da Uesc, Alessandro Santana ressaltou a importância do Freade, que atuou em conjunto com os secretários municipais na elaboração do plano específico para os pequenos produtores rurais. Por ser um projeto piloto, o professor conclamou a “união e os esforços de todas as instituições para atender o maior número possível de beneficiados, e que os prefeitos possam abraçar esse projeto”.

Produção

De acordo com dados da Ceplac, a baixa produtividade do cacau no Sul da Bahia, estimada em uma média regional de 6 frutos por árvore/safra, destoa dos resultados obtidos de alguns produtores que chegam a produzir mais de 100@/ha utilizando tecnologias de produção, com plantas de alta produtividade e mais resistentes a doenças.

Um dos exemplos práticos desse trabalho é o projeto de manejo intensivo para elevação da produção, denominado Mil Plantas, desenvolvido por técnicos do Centro de Pesquisa e Extensão da Ceplac. A perspectiva é que o agricultor possa chegar a 200@/ha, distante da atual realidade, que gira em torno de 30 a 40 @/ha, o que inviabiliza o investimento na produção.

A Uesc foi representada pelo Pró-reitor de Extensão.jpeg
A Uesc foi representada pelo Pró-reitor de Extensão

WhatsApp Image 2019-08-22 at 13.44.00 (1).jpeg

Rita Maria de Souza apresentou o plano de ação.jpegRita Maria de Souza apresentou o plano de ação

Representantes do BNB, Freade, Conselho de Meio Ambiente, Amurc e Território Litoral Sul.jpeg
Representantes do BNB, Freade, Conselho de Meio Ambiente, Amurc e Território Litoral Sul

 

A população de Ubaitaba será beneficiada nesta sexta-feira, entre as 8 e 17 horas, e sábado, entre 8 e 12 horas, com a Caravana da Justiça Social, ação criada e promovida pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS). Com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social, Promoção e Trabalho (SEAST) estarão sendo disponibilizados gratuitamente serviços básicos de documentação para a população.

IFBA Campus Ubaitaba - Foto Aleilton Oliveira.jpg

No Campus Avançado do IFBA, durante todo o dia, a população poderá emitir gratuitamente documentos básicos: RG (segunda via); CPF; Certidão de Nascimento, Casamento e Óbito (segunda via); e Carteira de Trabalho e Previdência Social. No local, também serão executadas ações de desenvolvimento social, assistência social e direitos humanos. Para RG são necessárias duas fotos 3x4.

A comunidade também terá acesso a outros serviços, como o atendimento ao consumidor através do Procon/BA; orientações para emissão de Passe Livre Intermunicipal para Pessoas com Deficiência; emissão do cartão ID jovem e a realização de exame de DNA para reconhecimento de paternidade de crianças e adolescentes que não possuem registro paterno na certidão de nascimento.

 

TRIAGEM

A Coordenação de Políticas para Juventude, em parceria com o Conselho Estadual de Juventude, promoverá uma roda de conversa para orientar os jovens locais sobre políticas públicas, participação social e democracia. A Coordenação LGBT e a Coordenação de Políticas para as Pessoas Idosas também estarão presentes para desenvolverem diálogos informativos com os públicos prioritários de cada área.

No intuito de fortalecer a Política de Assistência Social e contribuir para a consolidação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), a Superintendência de Assistência Social da SJDHDS promoverá a discussão com a população sobre a importância do acompanhamento familiar no Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) para contribuir para o aprimoramento da proteção integral às famílias vulneráveis.

Cidadania.

Em nível local, a Secretaria Municipal de Saúde faz a aferição de pressão arterial, testes de glicemia e triagem com o OdontoMóvel para incentivar a Saúde Bucal.

A Caravana da Justiça Social é uma realização do Governo da Bahia, por meio da SJDHDS, em parceria com a Prefeitura Municipal de Ubaitaba, Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público da Bahia (MP-BA), Tribunal de Justiça do Estado, Defensoria Pública da Bahia, dentre outros órgãos.

___________________

Prefeitura de Ubaitaba

Assessoria de Comunicação

Com informações da SJDHDS

A Prefeitura Municipal de Floresta Azul, juntamente com a Secretaria Municipal de Assistência Social, através dos equipamentos CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), realizou na última sexta-feira (16/08), uma ação da campanha Agosto Lilás que tem como objetivo conscientizar a população sobre a violência contra a mulher. 
IMG_9851.JPG
 
As psicólogas Selma Cordeiro e Eulina Cristina fizeram dinâmicas com as mulheres presentes para mostrar como o machismo está inserido na nossa cultura de forma tão natural tornando-se algo comum no nosso dia a dia. Em Seguida a advogada Mayanna Carvalho ministrou uma palestra sobre Sororidade Feminina e Tipos de Violência Contra a Mulher, trazendo os fatos para a nossa realidade. 
 
O evento contou com o total apoio da prefeita Gicélia Santana e do secretário Alexsandro Barreto, com sorteios de diversos brindes no seu decorrer. 
 
O Agosto Lilás é uma campanha nacional de conscientização pelo fim da violência contra a mulher, e acontece nesse mês em homenagem ao aniversário da lei Maria da Penha que entrou em vigor no dia 07 de agosto de 2006.
IMG_9884.JPG
 
IMG_9854.JPG
 
IMG_9852.JPG
 
Matéria: Verônica Sodré

No último sábado (17) a Feira Livre de Pau Brasil recebe a maior revitalização de sua história, em uma ação conjunta da Fundação Banco do Brasil, Caritas Brasileira e a Prefeitura de Pau Brasil, a feira de Pau Brasil recebeu novas barracas modernas e padronizadas que muito contribuiu para fazer a maior revitalização da trajetória da Feira Livre do município.

WhatsApp Image 2019-08-17 at 14.14.41.jpeg

Além de receberem novas barracas, os feirantes de Pau Brasil também receberam aventais que muito contribuiu com a padronização da Feira Livre de Pau Brasil. Pela primeira vez a Feira Livre de Pau Brasil na gestão da Prefeita Barbara Prado vêm recebendo ações de planejamento e organização da feira, o Programa Nossa Feira vem para contribui e com isso fomentar mais vigor e nova vida para a feira livre, com isso beneficiar a economia local.

Na manhã de hoje a feira livre esteve muito movimentada com a apresentação da FANFABRA e o Grupo de Toré da Reserva Caramuru (O Toré é uma das formas básicas que mantém viva a cultura, como uma chama. Quando cantado as pessoas reavivam sua chama interior, unificando seus espíritos em um só. Une homens e mulheres, crianças e idosos, formando o equilíbrio de sustentação de um corpo coletivo: a tribo).

A distribuição das barracas não foi utilizada nenhuma metodologia política partidária, e sim requisitos para que os feirantes pudessem receber as barracas e os aventais, além de serem feirantes assíduos, eles participaram de palestras financeiras realizadas pela Caritas e Banco do Brasil, para que eles pudessem utilizar no seu dia-a-dia da feira, melhorar suas vendas e seus lucros, razão maior de toda essa ação conjunta Banco do Brasil, Caritas e Prefeitura.

Reginaldo falou da importância do programa para a economia do município, entre outras finalidades, Marcela Vieira representando a Caritas disse da parceria envolvendo a Fundação Banco do Brasil e a entidade que ali estava representado e das ações do Nossa Feira, enquanto a Prefeita agradeceu pelas ações que envolve a participação da Prefeitura, dos benefícios que tem originado de suas viagens em busca de benefícios para o povo. Se emocionou ao dizer que Deus tem abençoado as suas viagens em busca de projetos/ benefícios que aconteceram, estão acontecendo e os que estão em andamento.

Marcela Vieira, Assessora da Caritas, Danilo Silva, Mobilizador da Caritas, Reginaldo Meira, Gerente do Banco do Brasil Camacan, Cledson Antonyonni, Gerente Banco do Brasil PAA Pau Brasil, Anderson Santos, Gerente de Governo da Superintendência do Banco do Brasil em Itabuna, Antonio Prado, Secretário de Infraestrutura, a Prefeita Barbara Prado, Secretários, Secretarias e varias pessoas da comunidade que também contribuíram com o brilhantismo da Cerimônia de inauguração do Programa Nossa Feira Popular e Solidaria em Pau Brasil, que antes não tinha, agora tem!

 

WhatsApp Image 2019-08-17 at 14.14.35.jpeg

WhatsApp Image 2019-08-17 at 14.14.45.jpeg

WhatsApp Image 2019-08-17 at 14.14.42.jpeg

WhatsApp Image 2019-08-17 at 14.14.40.jpeg

WhatsApp Image 2019-08-17 at 14.14.38.jpeg

WhatsApp Image 2019-08-17 at 14.14.36.jpeg

ASCOM/PMPB.
Fotos: Fernando Quá

A Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia – Amurc manifesta profundo pesar pelo falecimento da ex-prefeita do município de Gongogi, Eloísia Fernandes de Sousa Macedo, ocorrido nesta quinta-feira, 15, em decorrência de um acidente de veículo.

A nota da Prefeitura Municipal destacou a ex-prefeita como uma “mulher batalhadora, mãe de família, defensora das causas sociais, pois assim entrou para a política, onde foi vereadora por dois mandatos e vice-prefeita por um mandando. Ensinava no município e era querida no povoado de Nova Palma”.

Neste momento de profunda dor, rogamos a Deus que conforte a família e os amigos por esta inestimável perda.

luto202.jpg

 

econtro.png

Técnicos do governo federal farão atendimento aos municípios durante o evento

Com o objetivo de capacitar os gestores para promover mudanças locais através de políticas públicas, a União dos Municípios da Bahia (UPB) realiza de 13 a 15 de setembro, em Camaçari, o 7º Encontro de Prefeitos. O evento traz como tema “Estratégia de Gestão e Captação de Recursos”. Entre os destaques está a abertura de diálogo com ministérios do Governo Federal para dar conhecimento aos municípios sobre oportunidades de captar investimentos.

Além das palestras, está confirmado o atendimento individualizado do Ministério da Economia, Ministério do Desenvolvimento Regional, Ministério da Cidadania – através da Secretaria Nacional de Assistência Social, Ministério do Turismo, Meio Ambiente e Ministério da Saúde, com técnicos da Funasa. “Será uma grande oportunidade de resolver aqui, coisas que demorariam dias para o prefeito solucionar em peregrinação por Brasília. Vamos possibilitar que os municípios tirem dúvidas e busquem benefícios diretamente com os responsáveis por cada pasta”, detalha o presidente da UPB, Eures Ribeiro.

Temas como energias renováveis, resíduos sólidos, fim dos lixões, turismo e recursos internacionais são alguns dos que serão abordados nas palestras de técnicos e especialistas, que irão orientar os prefeitos e secretários municipais sobre os caminhos para deixar os municípios aptos a captar recursos. No Encontro de Prefeitos, os gestores baianos também serão apresentados a nova plataforma do Governo Federal, Plataforma +Brasil. A ferramenta integra e centraliza a operacionalização das diversas transferências de recursos de convênios e contratos da União com as prefeituras, consórcios e entidades.

Além dos ministérios, secretarias estaduais também prestarão atendimento aos municípios e farão o acompanhamento dos temas em debate, proporcionando uma orientação a todos os níveis de governança, facilitando a execução das políticas públicas nos municípios.

O evento será aberto ao público e vai acontecer no dia 27, das 8 às 17 horas, no Teatro Candinha Dórea

Durante uma reunião nesta quinta-feira, 15, na sede da Associação Comercial, em Itabuna, com o titular da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães, os representantes de entidades itabunenses manifestaram apoio a realização do Salão do Empreendedorismo que vai acontecer dia 27 desse mês, em Itabuna, no Teatro Candinha Dórea. O evento é uma realização do Governo do Estado, por meio da Setre e a parceria da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

A iniciativa visa promover ações de qualificação e micro crédito aos empreendedores de Itabuna e região. Para isso, Davidson destacou a importância de articulação com as instituições que desenvolvem ações junto ao empreendedor. “Será uma oportunidade para que instituições, prefeituras e empreendedores tenham acesso a essas políticas, pois muita gente não sabe que tem políticas de qualificação disponibilizados pelo próprio Governo do Estado para empreendedores”.

O vice-presidente da ACI, Carqueija Júnior apoiou a ideia com a proposta de unir forças, somando às ações que a entidade já está desenvolvendo, de fomento ao empreendedorismo e de orientação aos micro e pequenos empreendedores, através do Programa Empreender. O programa já conta com a participação de empresários nos núcleos de padarias, mulheres empreendedoras e jovens empreendedores.

Da mesma forma, o presidente da Associação de Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano - Amurc, Aurelino Cunha, parabenizou a iniciativa da Setre, de envolver diversas instituições em prol do desenvolvimento no âmbito regional. O secretário executivo da entidade, Luciano Veiga, destacou o projeto de criação de um observatório de políticas públicas e um núcleo de criação de projetos com o objetivo de potencializar as ações em cada município.

Dentre as sugestões, o gerente adjunto do Sebrae, Michel Lima sugeriu a oportunidade de centralizar uma agenda de eventos e serviços das entidades, para as pessoas se capacitarem e montar o próprio negócio. Ao mesmo tempo, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL de Itabuna, Carlos Leahy ressaltou a importância de realizar uma reunião mensal com o envolvimento de todas as entidades e ter um espaço para que o empreendedor possa sair do local com todas as informações.

O encontro ainda reuniu representantes da ACI, do Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista do Município de Itabuna (Sindicom), do Movimento Empresarial do Sul da Bahia (Mesb), do Fórum Empresarial do Sul da Bahia e da Associação das Micros, Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais do Estado da Bahia (Ampesba).

Programação

O Salão do Empreendedorismo é aberto ao público e acontece das 8 às 17 horas, com relatos de experiências de sucesso; debates sobre gestão, tendências de mercado e oportunidade de negócios; mesa de diálogo com jovens empreendedores da área de Tecnologia da Informação; desafio de soluções inovadoras para a cadeia produtiva do chocolate; e apresentação de iniciativas como o CrediBahia, os Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol), o programa Qualifica Bahia, o Contrate.BA e a Rede SineBahia.

 


___________

Texto: Viviane Cabral

A Pró-Reitoria de Extensão (Proex/Uesc), através do Programa AGIR, em parceria com a Associação do Municípios da Região Cacaueira (Amurc), com o Fórum de Secretários Municipais de Educação (Forsec) e a Câmara Técnica de Educação do Consórcio (CDS-LS), promoverá o II Fórum Regional de Educação do Litoral Sul da Bahia, no dia 10/09/2019, no Auditório Paulo Souto, na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Ilhéus – Bahia.

O Fórum abordará o tema “A Implementação da base Nacional Comum Curricular - BNCC e a Construção do Referencial Curricular: articulando a garantia dos direitos de aprendizagem e o desenvolvimento da Educação Básica” e terá como palestrantes: Profª Drª Alda Muniz Pepê, Profª MSc. Claudia Cristina Pinto Santos, Profª Esp. Zuma Evangelista Castro da Silva e Profª Drª Gilvânia Conceição Nascimento. No período da tarde acontecerão as oficinas temáticas com o tema principal.

O evento tem como público–alvo: Dirigentes Municipais de Educação, Gestores Escolares, Coordenadores Pedagógicos, Professores, Técnicos em Assuntos Educacionais, Assessores em Educação e Conselho Municipal de Educação.

Vestibular-Uesc-dia-16-1-4.jpg

O objetivo do Fórum é discutir e propor estratégias para garantir os direitos de aprendizagem e desenvolvimento através da construção do Referencial Curricular alinhado com a Base Nacional Curricular Comum, considerando as características territoriais dos municípios envolvidos.

A primeira edição do Fórum Regional de Educação do Litoral Sul da Bahia foi realizada no ano de 2018, também na Uesc, com tema “Implementação da Reserva Técnica – Desafios e Avanços” e contou com a participação de 73 municípios, ultrapassando assim, os limites territoriais.

O Fórum é uma iniciativa da Câmara Técnica de Educação do CDS-LS em parceria com o Forsec, Uesc/Proex, Amurc, Instituto Arapyaú, Nova Escola, Rede de Colaboração Intermunicipal de Educação e a Undime.

Para efetivar as inscrições basta acessar e preencher o formulário disponível na página do evento entre os dias 08 e 30/08.

Comissão Organizadora
E-mail para contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

AMURC
Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia

(73) 3613-5114
Rua Almirante Tamandaré, 405 - Duque de Caxias
Itabuna - BA, 45600-741 

© Copyright 2018 AMURC  | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por: logo oxente n