Notícias

Será realizado entre os dias 24 a 26 de setembro de 2020, com programação totalmente online, o  Festival Literário Sul-Bahia (FLISBA), com o tema Primavera Literária. O evento, que tem o objetivo de ser um espaço de intercâmbio para a promoção da literatura e dos processos criativos dos escritores regionais do Sul da Bahia, inclusive, os novos escritores é uma ação cultural que busca a difusão das artes literárias a partir de uma homenagem a Clarisse Lispector e João Cabral de Melo Neto pelos Centenários de nascimento, num resgate à Jorge Amado e Adonias Filho,  pilares da literatura cacaueira.

feira lit (3) (1).jpg

            “O FLISBA busca vistas a estimular a leitura, difundir os escritores regionais, desenvolver a aproximação dos agentes culturais do campo da literatura e promover atividades que exercitem reflexões sobre a cultura, questões ambientais, questões ligadas à à diversidade de gênero, uso das redes sociais e tecnologias”, afirma Efson Lima...

As mesas literárias vão ocorrer pelas tardes e noites. A transmissão das mesas do evento será pelo Youtube, que será retransmitida para o Facebook.  Já as  Oficinas Literárias vão ocorrer no turno da manhã pela plataforma Zoom e terão suas inscrições realizadas de forma antecipada pelo Sympla com datas a serem divulgadas nas redes sociais do evento.

            As pessoas que vão acompanhar as mesas online e possuem interesse em receber certificação poderão fazer a inscrição pela plataforma Sympla pelo seguinte link: https://www.sympla.com.br/festival-literario-sul-bahia----flisba__969831

            O Festival Literário Sul-Bahia terá um Slam, Slam  Sul Bahia, que também vai receber inscrições. O Edital e o link para as inscrições estão na seguinte página: https://www.sympla.com.br/slam-sul-bahia---flisba__969859 Os vencedores vão receber brindes. As inscrições são gratuitas. Os participantes serão certificados pela participação no Slam.

            O Festival está sendo organizado por  Anarleide Menezes, André Rosa, Aurora Souza, Cremilda Conceição, Efson Lima, Geraldo Lavigne, Hussiane Amaral, Igor Luiz, Indy Ribeiro, Laura Ganem, Luh Oliveira, Magnus Vieira, Ramayana Vargens, Raquel Rocha, Ricardo Dantas, Sheilla Shew, Silmara Oliveira, Sophia Barretto, Tácio Dê e Walmir do Carmo, reunidas no Coletivo FLISBA. São professores, jovens, idosos, homens e mulheres sob  diferentes perspectivas que se juntaram para promover o FLISBA sob o ângulo da literatura, mas com o olhar inclusivo das artes plásticas, música, cinema entre outros.

feira lit (1).jpg

feira lit (2).jpg

 

            Mais informações  podem ser obtidas pelas redes sociais do FLISBA, bem como a  interação do público com as redes sociais é muito importante para o evento. A Organização pede que as pessoas se inscrevam nos canais.

Instagram: @flisba
Facebook:  Flisba

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UC2v08TIuCPOU59G_N-33fUw

 

PROGRAMAÇÃO

Dia:  24/09 (quinta-feira)
ABERTURA DO FESTIVAL LITERÁRIO SUL - BAHIA
Horário: das 14:00 às 14:50 horas.
Composição da mesa de abertura:
Luh Oliveira – Membro da Comissão Organizadora do Flisba
Efson Lima  - Membro da Comissão Organizadora do Flisba
André Rosa – Presidente da Academia de Letras de Ilhéus
Silmara Oliveira – Presidente da Academia de Letras de Itabuna
Fabio Rodes - Presidente da Academia de Letras e Artes de Canavieiras
Romualdo Lisboa – Diretor do Teatro Popular de Ilhéus (TPI)

MESA 1 – Das 15 às 17 horas.
Título da Mesa: 100 anos de Clarice Lispector e João Cabral  - renovação e transformação literária
MEDIAÇÃO DA MESA: Ramayana Vargens
EXPOSITORES
Aurora Souza
Gideon Rosa
Raquel Rocha

SLAM SUL-BAHIA
Das 17 às 19:30 horas.
MEDIAÇÃO: Magnus Vieira  e Ricardo Dantas

MESA 2 – Das 20 às 22 horas
TÍTULO DA MESA: Literatura e Meio Ambiente – De Caminha aos nossos dias. Reflexões necessárias.
MEDIAÇÃO: Tácio Dê
EXPOSITORES:
Marcelo Ganem
Pawlo Cidade
Ruy Póvoas
Walmir do Carmo
Dia 25/09 (Sexta-feira)

MESA 3 – Das 15 às 17 horas.
TÍTULO DA MESA: Desafios e possibilidades da produção literária na Região Sul da Bahia
MEDIAÇÃO: Cláudio Zumaeta
EXPOSITORES
Gustavo Felicíssimo – Editora Mondrongo
Ivan de Almeida - Cogito Editora
Marcel  Santos– Editora A5
Romualdo Lisboa -Editora do TPI

DOCUMENTÁRIO
Das 18 às 19 horas: exibição do documentário “Cacau para sempre”, de Raquel Rocha.
MESA 4 – Das 19 as 21 horas
TÍTULO DA MESA: Literatura e as novas Mídias
MEDIAÇÃO: Sophia Sá Barretto
EXPOSITORES
Fabricio Brandão
Igor Luiz
Indy Ribeiro
Roger Ferreira
SARAU – A partir das 21 horas
Espetáculo: Teodorico Majestade – a última live de um Prefeito/ Teatro Popular de Ilhéus.
Lançamento de Livros
Recital Poético

Dia 26/09 (Sábado)
MESA 5 - Das 15 às 17:00 horas
TÍTULO DA MESA:  Escritores Regionais
MEDIAÇÃO:  Anarleide Menezes
EXPOSITORES
Clarissa Melo
Geraldo Lavigne
Heitor Brasileiro
Iolanda Costa
Lia Senna
Luh Oliveira 

MESA 6 –  18 às 20 horas
Título da mesa: “Amado, Adonias e a Literatura do Cacau”
MEDIAÇÃO:  André Rosa
EXPOSITORES
Daniel Thame
Raymundo Sá Barretto
Ramayana Vargens
Silmara Oliveira
NOITE CULTURAL
Horário: das 20 às 22:00 horas

APRESENTAÇÕES:
Declamações poéticas, dança e performances.
Atrações musicais
Silvano e Carla
Banda Negras Perfumadas

ENCERRAMENTO DO FLISBA

Sheilla Shew - Membro da Comissão Organizadora do Flisba
Tácio Dê - Membro da Comissão Organizadora do Flisba

LIVE CASA.jpeg

“Sua Casa, nosso Palco”, é um conjunto de lives com participação dos artistas locais, que acontece de 16 a 20 de setembro que homenageia Buerarema pelos 61 anos de emancipação política e tem como principal objetivo arrecadar fundos para a compra de cestas básicas e produtos de limpeza, a serem doadas a artistas e técnicos.

O projeto está sendo realizado pelo Instituto Macuco Jequitibá, em parceria com os músicos da cidade. Ele prevê também a contração de artistas e técnicos locais, realizando contratação fora, apenas de produtos ou serviços que não existam na cidade. A transmissão será pelo YouTube da Casa de Cultura Jonas e Pilar, de quarta à sábado, às 19h e no domingo, às 16h.

Quarta (16), às 19h - Claudia Ferreira e Pagode Ky Legal

Quinta (17), às 19h - Ligia Callaz e Marcelo Ganem

Sexta (18), às 19h - Zenrique, Moses e Rock do Leal

Sábado (19), às 19h - Renatinho dos Teclados e Day Araújo

Domingo (20) às 16h -Forró Sessions e Farofa de Cuscuz

COMO SURGIU O PROJETO

Em meio à pandemia, os músicos, artistas, técnicos e produtores culturais foram os primeiros a parar e serão os últimos a voltar a trabalhar e  foi preocupados com esta situação que surgiu a ideia, de um grupo de artista, da  realização das lives musicais. 

As lives seguirão os protocolos de proteção para o Covid-19, trabalhando com número reduzido de pessoas no local; as arrecadações estarão espalhadas pela cidade de Buerarema e as pessoas que vivem fora poderão fazer doações em dinheiro, em conta específica para o projeto, disponibilizada pelo Instituto Macuco Jequitibá, que integrou o projeto na sua programação e no Edital de Ações Continuadas com apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia e apoio institucional da Prefeitura de Buerarema. 

NOTA DE PESAR - Gleide José de Santana

A Associação dos Municípios da Região Cacaueira (Amurc) manifesta profundo pesar pelo falecimento do vereador e ex-prefeito da cidade de Ubatã, Gleide José de Santana, ocorrido neste domingo (13), em função de complicações pela Covid-19.

WhatsApp Image 2020-09-14 at 10.37.18.jpeg

Gleide é considerado uma das figuras com grande representatividade da história política do município.

Nesse momento de dor, rogamos a Deus que conforte a família e os amigos por esta perda inestimável.

A Associação dos Municípios da Região Cacaueira estará sendo representada pelo secretário executivo Luciano Veiga no UPB + Online – Formação Continuada para Gestor Municipal de Convênio, que acontece entre os dias 15 e 29 deste mês nas plataformas Zoom e YouTube. As inscrições gratuitas já estão sendo feitas no site da União dos Municípios da Bahia (www.upb.org.br) ou pelo canal no YouTube (youtube.com/upboficial) até a próxima segunda-feira (14).

Luciano Veiga e Alessandro Santana conduzem o painel Elaboração de Projetos para Captação de Recursos.JPG

Luciano estará mediando o painel Elaboração de Projetos para Captação de Recursos no dia 25/09, às 15h, que tem como orientador, o reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) Alessandro Santana. A capacitação será aberta ao público pelo YouTube, com a carga horária de 3h e o objetivo de orientar servidores e gestores municipais que atuam com projetos na Gestão Pública.

Segundo o representante da Amurc, a entidade vem provocando demandas voltadas a capacitação dos servidores nos últimos anos, e, com as parcerias da Uesc e UPB tem se tornado possível. “A Amurc se sente honrada em participar do evento UPB + Online, em específico de uma temática bastante relevante para os gestores municipais que é a elaboração de projetos para a aquisição de recursos”, destacou Veiga.

luciano.png

O evento integra uma agenda de atividades da UPB, com temas que permeiam a administração pública, onde se destina ofertar aos gestores e servidores municipais condições para o aprimoramento e o desenvolvimento de competências.


Programação

As capacitações têm início no próximo dia 15/09, às 15 h, na plataforma Zoom, com a temática: Papel do GMC na Gestão Municipal e as atividades inerentes à função. No dia 21/09 a capacitação continua pelo YouTube, também às 15 h, com a temática Planejamento Urbano.

No dia seguinte (22/09) será apresentado o painel sobre: Módulo Introdutório ao Modelo de Excelência na Gestão. Já nos dias 23 e 24, sempre no mesmo horário, acontece na plataforma Zomm o painel: Módulos da Plataforma + Brasil Convenente e Concedente.

A capacitação encerra no dia 29/09, às 15 h, com Correspondente da Caixa Econômica Federal.

_______________

Texto: Viviane Cabral – MTE 4381/BA

Com a sanção, regulamentação e definição de cronograma de pagamento da Lei Aldir Blanc, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) divulga a Nota Técnica (NT) 54/2020 com orientações sobre a distribuição dos recursos por parte da União para ações emergenciais de apoio ao setor cultural. A nova nota destaca ainda a atuação da entidade, desde o início do debate, em defesa dos Entes locais.

10092020_NT_cultura.jpg

No total, R$ 3 bilhões serão repassados a Estados e Municípios que manifestarem interesse por meio da Plataforma +Brasil. A NT da CNM explica quais critérios foram adotados para partilha da verba entre os Entes municipais; porque cada Município receberá montante diferente; e como os Municípios vão receber o dinheiro. Por meio da nota, a entidade orienta ainda quais as ações necessárias para garantir efetivamente os recursos.

Esclarecimentos sobre o tratamento contábil da verba, em que pode ser aplicada e como deve ser feita a prestação de contas dos recursos também constam no documento técnico. Ao acessar a NT, os gestores municipais encontrarão ainda um passo a passo de como operacionalizar a concessão do subsídio, alertas sobre os impactos das normas eleitorais e como atuar de forma segura jurídica e administrativamente.

Da Agência CNM de Notícias

Card-Zoom-1-1.jpg

Como ficará o ano letivo de 2020? Esse é um dos questionamentos que mais tem sido feito aos gestores municipais. Diante da complexidade e da importância do tema, a Confederação Nacional de Municípios (CNM), em parceria com as entidades municipalistas estaduais, promove o Seminário Técnico: Pandemia x Calendário Escolar. O evento ocorre no dia 17 de setembro, das 10h às 16h.

As inscrições são gratuitas para os Municípios contribuintes e em dia com a CNM. As vagas são limitadas. Para a CNM, esse é um dos principais desafios enfrentados pelos gestores municipais em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Além da área de Educação, a temática envolve aspectos relativos a áreas como Saúde e Assistência Social, demandando diagnóstico acerca da realidade local e planejamento por parte da administração municipal e de outros setores da sociedade.

Certificação
Os participantes com inscrição homologada receberão por e-mail, no dia do evento, o link para acesso à sala virtual do Seminário. Para a emissão do Certificado de Participação, será exigida comprovação de presença em 70% da carga horária final do evento. Os certificados deverão ser retirados no portal da CNM após o evento.

O evento ocorre por meio de plataforma on-line. Serão quatro horas de palestras e espaço destinado a responder a dúvidas encaminhadas pelos participantes do evento. Para participar, inscreva-se aqui.

Dúvidas podem ser esclarecidas com a equipe de Relações Institucionais pelo telefone (61) 2101-6655 ou pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Da Agência CNM de Notícias

Práticas sustentáveis podem contribuir para redução de danos ambientais e preservação de ecossistema

Loja do Cesol em Itabuna reúne diversidade da economia solidária do Sul da Bahia.JPG
Loja do Cesol em Itabuna reúne diversidade da economia solidária do Sul da Bahia

Há pouco mais de um ano Priscila Costa resolveu empreender num nicho específico, com soluções para empresas e produtos sustentáveis. A Ecolev começava em junho de 2019 após capacitação do Sebrae que despertou nela a vontade de colocar em prática o empreendedorismo sem perder de vista valores que caminham junto com a economia solidária.

“Costumo dizer que a EcoLev nasceu como uma lojinha virtual de produtos substitutos dos descartáveis, mas hoje ela já virou um movimento de sustentabilidade do sul da Bahia. Nosso propósito é mudar os hábitos dos baianos em prol da sustentabilidade. Compartilhamos a possibilidade de viver uma vida mais harmônica e equilibrada com o ambiente em que estamos inseridos.”, pontua Costa.

A Ecolev oferece assessoria, mentoria, consultoria e gerenciamento de projetos de impacto socioambiental para segmentos públicos e privados, como certificação Lixo Zero, consultoria ISO 9001 e ISO 14001, cursos, palestras e oficinas de educação sustentável e empreendedorismo socioambiental. Para além dos serviços, o empreendimento agrega mais de 15 itens em seu catálogo a exemplo de ecodiscos de algodão, pulseiras de ecomalha, sacolas de tecido, produtos de silicone como canudos, copos e garrafas.

“Quem entende o quanto uma escova de dente plástica pode ser prejudicial para a natureza, opta pelas nossas escovas de bambu. Mas, recentemente, recebemos o desafio de trazer soluções para empresas, então incluímos os canudos descartáveis biodegradáveis e compostáveis feitos em talo de trigo e agora os sachês de limpeza que dissolvem em água para uma limpeza lixo zero.”, acrescenta Priscila que comercializa produtos para toda a Bahia pelo Instagram @sejaecolev e atende a todo o Brasil com serviços presenciais e remotos.

O Centro Público de Economia Solidária (Cesol) seccional Litoral Sul, em Itabuna, atende à Ecolev com formação e assistência técnica, assim como também assiste a Associação Taboquinhense de Desenvolvimento do Turismo Comunitário (Astaturc), da qual Wellington Sena faz parte. O empreendimento, fundado há dois anos, atua com produção de canudos de bambu e tem como norte a preservação ambiental.

“Nosso empreendimento tem como foco substituir canudos de plástico e de papelão para que não venha prejudicar o meio ambiente. Precisamos cuidar do planeta que habitamos, preservá-lo e repassar valores sustentáveis às próximas gerações.”, destaca Sena.

Segundo o associado, os canudos da Astaturc fazem sucesso na Bahia e até em outros estados e fora do Brasil como Minas Gerais, Santa Catarina e França. A sede da associação fica em Taboquinhas, distrito de Itacaré (BA), e já contou com investimento de ONG francesa que possibilitou a estruturação do empreendimento e a conquista da sede própria. Atualmente conta com produtores da zona rural que levam os canudos de taboca à associação para processamento e posterior envio a outras localidades.

Todo o trabalho dos empreendimentos atendidos nos 26 municípios de raio de atuação do Cesol Litoral Sul é realizado em sintonia com o próprio Centro Público, como aponta o coordenador da unidade em Itabuna, Thiago Fernandes.

“Trabalhamos com sacolas de resina de cana de açúcar, além de copos para degustação de licores, mel de cacau, polpas de fruta, copos utilizados no escritório, tudo com resina. Nas embalagens para os produtos usamos papel kraft, o papel utilizado no escritório para impressões também é reciclado, então temos esse cuidado de não só os empreendimentos usarem práticas sustentáveis, mas o Cesol como um todo modelo de sustentabilidade.”, conclui Fernandes.

Cesol Litoral Sul

O Cesol Litoral Sul faz parte da política pública do governo do estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e atende a municípios da região cacaueira. Configura-se como um instrumento fundamental de inclusão socioprodutiva por meio de assistência técnica e transferência de equipamentos e insumos produtivos alcançados com o acesso ao microcrédito assistido, além da articulação com as demais políticas de proteção e promoção social oferecidas com a interlocução de diversas secretarias do governo estadual e da União.

Priscila Costa aposta em canudos compostáveis na Ecolev.jpeg
Priscila Costa aposta em canudos compostáveis na Ecolev

Loja do Cesol fica na Rua Nações Unidas, Centro de Itabuna, próximo à Catedral.jpeg
Loja do Cesol fica na Rua Nações Unidas, Centro de Itabuna, próximo à Catedral

 

Escovas de bambu podem agregam sustentabilidade.jpegEscovas de bambu podem agregam sustentabilidade

Copos de silicone são carro chefe na Ecolev.jpegCopos de silicone são carro chefe na Ecolev

Ascom Cesol Litoral Sul

Setembro é o mês de aniversário da Buerarema e, a Casa de Cultura preparou uma programação toda especial para homenagear 61º ano da cidade

BUERA1.jpg

Devido à pandemia da covid-19, essas atividades, que fazem parte do Projeto de Ações Continuadas e têm o apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia e apoio institucional da Prefeitura de Buerarema, serão realizadas em  espaço virtual (Instagram, Facebook, YouTube, Site Oficial), sem deixar de fora as discussões e qualidade nos conteúdos produzidos.

SALA DE LEITURA VIRTUAL

Indicação de livros com links disponíveis site da Casa;

Leitura compartilhada com Renata Figueiredo e Maria Clara
Sábados, às 20h
no Instagram da Casa: @casadeculturajonasepilar. 

EXPERIÊNCIA CINECLUBISTA

Quartas, às 19h – Instagram 
Indicação e compartilhamento de filmes e posterior debate em transmissões ao vivo. Tem como objetivo principal comentar assuntos da atualidade relacionados. 

OFICINA DE GASTRONOMIA – “Comidas fakes”
Terças, às 18h - Com Merice Rocha
Cada dia uma videoaula diferente e no final uma conferência de saberes e sabores.

Inscrições: http://www.institutomacucojequitiba.org.br/p/inscricoes.html

OFICINA DE DANÇA DE SALÃO 

Segundas-feiras, às 17h - YouTube 
A Oficina de Dança de Salão será ministrada por Aldenor Garcia. Um novo vídeo será postado semanalmente. Serão trabalhados os ritmos forró, samba, tango e bolero. 

Os participantes experimentarão a dança de salão e seus diversos ritmos, o corpo será capaz de se expressar por meio dos passos orientados, do improviso, da criação, da relação com o outro, do convívio em grupo. 

Inscrições: http://www.institutomacucojequitiba.org.br/p/inscricoes.html

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS 

Sextas-feiras, às 15:30h - YouTube 
A contação de história na Casa de Cultura Jonas e Pilar faz parte de um trabalho integrado com as escolas e com a comunidade, por meio da Sala de Leitura Antônio Lopes, no qual atende-se crianças e adultos de diferentes faixas etárias.

Dentro da nossa programação os vídeos com contação de histórias serão disponibilizados nas sextas-feiras, 16:30h por meio do canal do YouTube da Casa de Cultura Jonas e Pilar. As histórias serão narradas por contadoras e contadores convidados.

Serão realizadas ainda, entrevista com Contadores de História mostrando diferentes pontos de vista sobre a importância da arte de se contar histórias valorizando as histórias infantis, o lúdico e a tradição oral. Sempre às sextas-feiras, 15:30h no Instagram da Casa.

OFICINA DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS 

Sábados, (12,19 e 26) de 14h às 18h – Plataforma Zoom
Inscrições: 24/08 a 04/09
Público alvo: arte-educadores, professores, pedagogos, educadores, contadores de história, atores.

A importância da contação de histórias na formação global das crianças como sujeitos integrais e sua utilização pedagógica no letramento e na formação de leitores. A oficina compreende uma série de exposições, discussões e atividades práticas que visam dar ao participante um aporte teórico-prático sobre a milenar arte de contar histórias. Instrutor: Romi Nascimento é contador de histórias e gestor do Clube de Leitura Tronox. É mestre em educação (UFBA), psicopedagogia (UFBA) e psicanalista (FCL- SSA ).

HISTÓRIAS DA VILA MACUCO

De 09 a 13, às 19h 
Muitos aspectos da história de Buerarema são também parte da vida dos seus moradores, chegados ou nascidos ali. A proposta do “Histórias da Vila Macuco” traz o panorama acerca da configuração, formação da cidade e da identidade bueraremense. Aspectos culturais, políticos, territoriais, ambientais, serão “puxados da memória” dos convidados e colocados à disposição do público. Em 2020 traremos a luz temas como Farinha, Montaria, Gincana, Cinema e Desfile da Rainha da Cidade. As rodas de conversa serão online e transmitidas pelo YouTube da Casa de Cultura Jonas e Pilar.

Dia 09/09 - Farinha
Dia 10/09 - Montaria
Dia 11/09 - Gincana
Dia 12/09 - Cinema
Dia 13/09 – Desfile

SUA CASA NOSSO PALCO

De 16 a 20, de 20h às 23h - Série de lives musicais com artistas bueraremenses no YouTube da Casa de cultura Jonas e Pilar. Este projeto visa realizar apresentações musicais, em formato de lives, ao mesmo tempo em que realiza campanha para doação de sangue, de insumos e conscientiza a população sobre a importância de se respeitar os protocolos de segurança no combate à covid-19. E também comemorar os 61 anos de emancipação da cidade.

16/09 - Cláudia Ferreira e Luciano e Rock do Leal
17/09 - Marcelo Ganem e Lígia Callaz
18/09 - Zenrique e Moses Ferreira
19/09 - Renatinho dos Teclados e Forró Sessions
20/09 -  Farofa de cuscuz e Pagode Kilegal

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA

Dia 17, Instagran, Facebook e site da Casa de Cultura Jonas e Pilar
Exposição: Luz sobre a memória. Inspirada no livro homônimo de Antônio Lopes, com fotografias de Bruna Maria.  

INSTANTE DE POESIA

10 INTER-PROGRAMAS COM PÍLULAS DE POESIA PARA ENFRENTAR A PANDEMIA

Realizar um inter-programa que consiste num espaço para poesia. A intenção é proporcionar aos ouvintes obras de autores da literatura grapiúna que serão conferidos durante os intervalos da programação da rádio Sideral e trazer a interlocução com outras atividades e redes sociais da casa.

LINKS PARA ACOMPANHAR NOSSAS AÇÕES: 

Instagram: https://www.instagram.com/casadeculturajonasepilar/
Facebook: https://www.facebook.com/institutomacucojequitiba/
Blog: http://www.institutomacucojequitiba.org.br/
YouTube: https://www.youtube.com/results?search_query=instituto+macuco+jequitib%C3%A1

AMURC
Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia

(73) 3613-5114
Rua Almirante Tamandaré, 405 - Duque de Caxias
Itabuna - BA, 45600-741 

© Copyright 2018 AMURC  | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por: logo oxente n