Notícias

A prefeitura de Ibicui iniciou, nesta quinta-feira (22) a reforma e revitalização da Praça Régis Pacheco. A praça é um dos principais cartões postais da cidade e a principal passarela da “terra do forró”.

molde-fotos-destaques-materias.jpg
Nas redes sociais o prefeito comemorou essa grande obra para toda a população ibicuiense. “A reforma vai melhorar e valorizar o cenário urbanístico e arquitetônico da praça, melhorando o trânsito ao redor e proporcionando a comunidade um espaço adequado para o convívio e lazer, disse o prefeito Marcos Galvão.”

Após intensas mobilizações do movimento municipalista, o tão esperado Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM) está prestes a se tornar uma realidade. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) comemora a aprovação, em sessão conjunta realizada na noite desta terça-feira, 20 de fevereiro, do Protejo de Lei do Congresso Nacional (PLN) 01/2018, que estabelece a liberação do repasse. O texto segue para sanção presidencial.

Em uma discussão acalorada, deputados e senadores aprovaram o texto por unanimidade. Foram apresentadas 68 emendas ao projeto. No entanto, o relator da proposição, senador Pedro Chaves (PSC-MS) rejeitou todas as emendas que prejudicavam o projeto e, consequentemente, os Municípios.

A matéria foi inserida na Ordem do Dia pelo presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (PMDB-CE). Enviado ao Congresso no dia 9, o texto foi imediatamente inserido na pauta de votações, cumprindo compromisso assumido por Eunício e pelo governo federal durante reuniões realizadas neste ano.

destaquemateria3.jpg

A aprovação do AFM foi pauta de diversas reuniões realizadas pela Confederação e pelas entidades estaduais junto aos parlamentares. Na manhã desta terça, líderes municipalistas lembraram deputados e senadores do compromisso assumido e da importância da pauta. “Uma das nossas pautas prioritárias é esse Auxílio Financeiro aos Municípios. Nós contamos com o apoio de todos para que consigamos votar esse importante pleito para os Municípios brasileiros”, disse o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski.

AFM
O crédito tem por objetivo viabilizar o determinado na Medida Provisória (MP) 815/2017, que autoriza a União a transferir aos Entes que recebem o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), no exercício de 2018, recursos destinados à superação de dificuldades financeiras emergenciais.

O texto do projeto aponta que fica aberto crédito especial em favor dos Ministérios da Educação, da Saúde e do Desenvolvimento Social. O projeto de lei estabelece, ainda, que os recursos necessários à abertura do crédito decorrem de anulação de dotações orçamentárias.

O repasse foi uma das principais pautas do movimento municipalista em mobilização promovida pela CNM em novembro de 2017. Denominada “Não deixem os Municípios afundarem”, a campanha alertou para a grave crise financeira enfrentada pelos Entes locais e teve como ponto alto o anúncio pelo presidente da República, Michel Temer, da edição de uma Medida Provisória para liberar o aporte emergencial às administrações locais.

Na noite da última segunda-feira, 19, o prefeito de Ibicaraí, Lula Brandão, realizou a abertura dos trabalhos do Legislativo de 2018. Durante a sessão, o prefeito realizou um balanço do seu primeiro ano de governo e destacou as principais ações realizadas em 2017, além de anunciar os projetos e propostas da gestão para 2018.
A sessão foi prestigiada pela comunidade local, pelos secretários de Infraestrutura, Thallis Leal, e de Saúde, Givalnilson dos Santos (Van), pela primeira dama e secretária de Assistência Social, Alesandra Brandão, pelo diretor do SAAE, Ronaldo Estrela, o controlador Sóstenes Santos, o procurador Adriano Carvalho, subprocurador Lameque Pascoal, e o Major PM Wesley Bomfim Siqueira.


O prefeito iniciou o seu discurso destacando o bom relacionamento e a convivência harmônica, em 2017, entre a Câmara de Vereadores e a Prefeitura Municipal, princípio fundamental para o avanço da Democracia. “Para garantia dos interesses populares, acima de quaisquer outros, é essa relação harmônica e respeitosa que vivenciamos ao longo de todo o ano de 2017 que queremos ver prosperar cada vez mais em 2018, o verdadeiro e comprometido diálogo entre os membros desta Casa Legislativa e da Prefeitura, que só reflete a vontade e desejos da nossa população”.


Na sequência, o prefeito expôs ações que foram destaques na sua gestão, a exemplo da implantação da secretaria de Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, secretaria esta que deu início à elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico; implantou o programa de regularização fundiária que poderá conferir títulos de terra a 363 proprietários rurais; mutirão para a emissão de DAP, para dar acesso aos pequenos produtores rurais aos recursos do PRONAF; realização de Audiências Publica para a implantação do Plano Estratégico de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio Cachoeira, entre outras atividades não menos importantes.

destaquemateria2.jpg

Prefeito de Ibicaraí abre trabalhos da Câmara e faz balanço do seu primeiro ano de governo.jpg

Prefeito de Ibicaraí abre trabalhos da Câmara e faz balanço do seu primeiro ano de governo 4.jpg

Prefeito de Ibicaraí abre trabalhos da Câmara e faz balanço do seu primeiro ano de governo 3.jpg


No âmbito social, uma das prioridades da gestão, Brandão falou da importância que foi dada ao Povo mais carente. “Realizamos diversas ações, como o acompanhamento pelo PAIF das famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família; realização de 02 (duas) edições do Projeto “Vejo Flores em Você”, com a entrega book’s e de enxovais para gestantes; capacitação interna da equipe da Secretaria de Assistência Social; acompanhamento, encontros e palestras com o grupo de idosos através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos; entrega de novos cartões do Programa Bolsa Família; realização do Programa Criança Feliz nos distritos e bairro; realização de oficinas de geração de renda (pintura, bordado, corte e costura) para os usuários do CRAS”, informou o prefeito.


Na área administrativa, onde abrange o maior número de serviços e setores do Poder Público e tem grandes desafios, segundo mensagem apresentada pelo prefeito, houve a conquista da ampliação de 188% das Receitas Tributárias do Município, a identificação dos possíveis desvios de função e lotação; realização de auditorias nos processos de fatura de energia elétrica, água e empréstimos consignados; retomada de convênios; pagamento do décimo terceiro salário de 2016 deixado pela gestão anterior, regularização das pendências junto ao Estado, Justiça do trabalho, Receita Federal, Previdência Social, CAUC e CADIN com a emissão da respectiva CND; e renegociação de financiamento junto ao Tesouro Nacional, para facilitar o ajuste das contas do Município.


Na saúde, o gestor relatou, durante o seu discurso, ações como reinauguração da academia de saúde, inauguração do Posto de Saúde do Ferreirinha, aquisição de ambulância no Distrito do Cajueiro, entrega de 02 (dois) veículos do tipo Palio para as Unidades; aquisição de móveis e equipamentos para as Unidades de Saúde; realização de reformas e reparos nas UBS’s; aquisição de ambulância para o Hospital Arlete Maron Magalhães; e presença de 100% de médicos no Hospital e Postos de Saúde.


Segundo discursou o chefe do executivo, é inegável o empenho e dedicação deste governo em relação à área da Infraestrutura, onde realizaram a pavimentação em paralelepípedo do prolongamento da Rua Ambrosina Moraes de Assis e da Rua São Jorge; a revitalização/requalificação da Praça Henrique Pimentel Sampaio e da Praça São Jorge; construção do estacionamento ao lado do Prédio da Prefeitura Municipal de Ibicaraí; reparos na Ponte Assis Araújo, no Bairro Bela Vista; construção de rotatória e estacionamento em área próxima à USF Dr. Ferreirinha, no bairro Duque de Caxias; revitalização do Portal da entrada da cidade; construção do Monumento Ibicaraí e restauração e organização do Cemitério Municipal João Batista de Assis e dos cemitérios dos distritos.


Já no setor da educação, o gestor fez questão de destacar conquistas como o processo de enquadramento dos profissionais da educação segundo a tabela de nível e referência, pagamento de Abono no mês de Outubro, equivalente ao Valor Mensal Salarial do Professor; implantação do Programa Saúde na Escola – PSE, em todas as Unidades Escolares, em parceria com a Secretaria de Saúde; adesão ao PROERD – Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, em parceria com a Policia Militar, através da 63ª CIPM, que contemplou mais de 300 alunos do pré ao 5º ano distribuídas nas Unidades Escolares.


O prefeito finalizou o balanço de 2017 expondo o trabalho incansável realizado pela equipe do SAAE, a fim de sanar os desafios do abastecimento de água e saneamento básico da cidade. “Com esse fim, o SAAE realizou a limpeza dos Ribeirões do Luxo e da Salomeia; a abertura de canal na Barragem do Luxo, aumentando a capacidade de armazenamento de água; ampliação das Barragens do Córrego Grande e do Ribeirão da Jussara; substituição de 120m² de tubos na adutora do Córrego Grande; ampliação de 60m de tubos de PVC na Rede de Distribuição de água da comunidade do Andrezão; e aquisição de uma caixa d’água de 5.000l para atender aos moradores das Casas Populares do Bairro Bela Vista”.


Para esse ano de 2018, Lula Brandão declarou que continuará trabalhando com todo cuidado e responsabilidade, como foi no ano anterior, executando o orçamento com parcimônia, transparência e honestidade. “Não haverá gasto supérfluo e as prioridades continuarão a concentrar-se na saúde, educação e nos programas sociais que busquem sempre a valorização do ser humano e sua vida”, finalizou o prefeito.

Assessoria de Comunicação – Ibicaraí

Com o objetivo de ampliar e consolidar as políticas de assistência social no Território Litoral Sul, secretários e técnicos municipais estiveram reunidos nesta terça-feira, 20, na 1ª reunião de 2018, do Fórum de Assistência Social, vinculado ao Programa de Apoio Institucional e Gerencial às Prefeituras da região.

destaquemateria1.jpg


No encontro foi apresentada o programa de ações e debates iniciados no ano passado, com o propósito de desenvolver as políticas assistenciais nos municípios. Entre as demandas, a secretária de Assistência Social de Itabuna, Sandra Neilma declarou que o município estará oferecendo uma capacitação aos conselheiros municipais da região.

Esta e outras propostas nascem de um encontro de ideias alimentadas pelos fóruns municipais, e que de acordo com o coordenador executivo da Amurc, Luciano Veiga, fortalecem a Gestão Pública Municipal. “A oportunidade de estar lado a lado para discutir as demandas em busca de soluções, é uma oportunidade ímpar para todos os secretários”, destacou.

Dentre os desafios para este ano, Sandra destacou que o fórum estará empenhado em fazer com que o próprio usuário compreenda o verdadeiro papel da assistência social. “Isso é uma dificuldade comum a todas as secretarias de assistência social, que são vistas como assistencialistas. Ao contrário disso, o nosso papel é fazer com que as pessoas tenham acesso aos direitos e às políticas públicas prevista na Constituição Federal”.

O secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, foi recebido na manhã deste sábado (17), pelo prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e pelo vice, José Nazal, no Centro Administrativo da Conquista. Durante o encontro, o secretário anunciou investimentos na ordem de R$ 15 milhões para auxiliar a reestruturação da saúde do município de Ilhéus, uma reivindicação do prefeito de Ilhéus ao governador Rui Costa. Na última semana, uma comitiva formada por vereadores e representantes do conselho de saúde de Ilhéus, esteve na sede da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em Salvador. Na oportunidade, Fábio Vilas-Boas reafirmou o compromisso do governador Rui Costa com Ilhéus e assegurou que a saúde sempre foi prioridade em sua gestão.

destaque2.jpg

WhatsApp Image 2018-02-17 at 12.56.50.jpg

WhatsApp Image 2018-02-17 at 12.56.47.jpg

IMGM7721.jpg


O encontro de hoje foi presenciado também pelos deputados Paulo Magalhães (federal) e Ângela Sousa (estadual), dos vereadores, secretários municipais e representantes do conselho de saúde do município. De acordo com o secretário Fábio Vilas-Boas, os recursos serão aplicados na reforma do Hospital Regional Luiz Viana Filho (HRLVF), que terá seu perfil alterado para uma unidade materno-infantil de referência de alto risco. A unidade reformada contará com UTI neonatal e pediátrica, além de um moderno centro cirúrgico e obstétrico. As obras estruturantes começam a partir do dia 1º de março. Já no CSU, o Governo do Estado irá transformar o atual posto de saúde em duas Unidades de Saúde da Família. “Conseguimos junto ao Ministério da Saúde a autorização para construção de uma Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA-porte 2), no bairro do Malhado, ainda neste semestre”, anunciou Fábio Vilas-Boas.


PA 24 horas – “O HRLVF nunca possuiu uma UTI Pediátrica, nem uma UTI neonatal durante o período em que esteve funcionando. Faremos um convênio com a Prefeitura de Ilhéus e iremos contratar o Hospital de Ilhéus que funcionará com serviços de leitos de retaguarda e serviços de urgência pediátrica para atender a região central”, explicou o secretário. “Além disso, garantimos o apoio financeiro para a conclusão de seis Unidades Básicas de Saúde (UBS). Também serão cedidos mais de 200 servidores (sem custo para a prefeitura) para fortalecer a rede municipal de saúde. Outra boa notícia é que a unidade de Pronto Atendimento (PA) no bairro da Conquista, que irá funcionar 24 horas com atendimento clínico e cirúrgico de urgência e emergência de adultos”, frisou Vilas-Boas.


Polo de saúde – O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre destacou os esforços da gestão municipal, da Câmara de Vereadores e do Governo do Estado para fortalecer a atenção básica. “Faremos o que for necessário para fazer Ilhéus sair da estagnação de mais de 30 anos em diversos setores, inclusive na saúde. Esse também foi meu projeto de governo e vemos que o momento é bastante favorável. Reunimos com o governador e sua equipe, discutimos como seria o novo fluxo e qual seria a contrapartida da prefeitura para que a rede de saúde funcionasse adequadamente e certamente Ilhéus tem aí a oportunidade de corrigir todos os desfites crônicos que sempre enfrentou”, disse. “A população terá a saúde que sempre mereceu e que infelizmente por irresponsabilidade de governos passados, não teve. É um novo momento na saúde em nosso município que será um Polo de saúde na Bahia”, comemorou Mário Alexandre.


O prefeito também lembrou que, apesar de poderes independentes, a Câmara de Vereadores tem tido um papel preponderante na solução da crise da saúde em Ilhéus. “Os vereadores têm sido pessoas comprometidas com os avanços que a cidade precisa, atuantes em busca do bem-estar do coletivo. Eles também têm sido peças importantes da reestruturação da saúde”, elogiou.


“Essas boas notícias”, destaca a secretária municipal de Saúde, Elizângela Oliveira, “elevam a autoestima da população de Ilhéus e ajudarão a atingir as metas da atenção básica e pactuada. “Estes recursos são um incremento importante para os investimentos no município no âmbito da atenção à saúde da sua população”, reconheceu.
A representante da Assembleia Legislativa da Bahia, a deputada estadual Ângela Sousa, ressaltou que o governador está muito sensível às questões da Saúde em todo o Estado e principalmente em Ilhéus. “Não temos dúvida alguma que a saúde em Ilhéus recebeu tanto apoio do Governo do Estado. Lutaremos de forma aguerrida, junto com o deputado federal Paulo Magalhães, para fazer uma força-tarefa, implementando projetos e emendas parlamentares que direcionem recursos prioritariamente para esta área em nosso município”, pontuou.


No que tange aos investimentos recentes em Ilhéus, o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC) vem se destacando como unidade de referência também para 67 municípios da região. Desde a sua abertura em dezembro último, diversos procedimentos de alta complexidade como cirurgias ortopédicas e cateterismo cardíaco passaram a ser realizados.

A prefeitura de Ibicaraí, através da secretaria municipal de Assistência Social, com o CRAS, NASF e Academia da Saúde, promoveu no final da tarde de ontem, sexta-feira, 16, o Carnaval Social para o grupo da terceira ou melhor idade, no C-40. A ação contou com a presença de centenas de idosos, parentes (filhos e netos), profissionais da prefeitura e grande público que compareceu para prestigiar o evento.

destaque1.jpg
A animação teve início com o músico Marquinhos Kora, que cantou diversos sucessos do carnaval da Bahia dos anos 80 e 90. Em seguida, o professor Marcelo Zumba e equipe agitou o salão com uma animada aula de dança. Na parte final, os músicos Otávio Matheus e Dionei Silva fecharam o evento cantando grandes sucessos e marchinhas do carnaval.
A festa contou ainda com diversas tendas, com frutas e sucos naturais, coquetéis, jogos, pescaria premiada, pintura facial, além de um espaço com a presença de enfermeiras, ambulância e muita água mineral em pontos estratégicos para todos os presentes. Ao final do evento, foram distribuídos brindes para os idosos mais animados da festa.


A secretária Alesandra Brandão agradeceu a presença de todos e fez um agradecimento especial à equipe do Social, que por dois dias se revezou na ornamentação e organização do clube, e ao prefeito Lula Brandão que apoiou a ação. “Quando fazemos com amor e colocamos Deus em primeiro lugar tudo dá certo. Muito do que está aqui é da Secretaria. Gastamos pouco e reaproveitamos muita coisa. Estou muito feliz com o sucesso dessa ação”.


A vice-prefeita e secretária de Educação, Adriana Assis, parabenizou o prefeito e a secretaria de Assistência Social pelo sucesso do evento e disse que ações como essa só mostram que o governo União e Trabalho está no caminho certo.


Por último, o prefeito Lula Brandão agradeceu à equipe da Social e todos os que participaram da festa, parabenizou todos os presentes e aproveitou para reafirmar que o convênio no valor de R$2,4 milhões, recurso conseguido pelo secretário Paulo Câmara, para revitalizar as praças do município e a Avenida São Vicente de Paula, obras que começarão em breve.
Presença - Estiveram presentes ao evento o prefeito Lula Brandão; a primeira dama e secretária de Assistência Social, Alesandra Brandão; a vice-prefeita e secretária de Educação, Adriana Assis; os secretários de Administração, Finanças e Planejamento, Flávio Campos, e o de Infraestrutura, Thallis Leal; o Controlador Interno, Sóstenes Santos; o Chefe de Gabinete José Alberone; o Assessor Especial Charles Novaes, além da equipe da Assistência Social, CRAS, NASF e parte da Saúde.

Carnaval Social (14).jpg

Carnaval Social (13).jpg

Carnaval Social (12).jpg

Carnaval Social (11).jpg

Carnaval Social (10).jpg

Carnaval Social (9).jpg

Carnaval Social (8).jpg

Carnaval Social (7).jpg

Carnaval Social (6).jpg

Carnaval Social (5).jpg

Carnaval Social (4).jpg

Carnaval Social (3).jpg

Carnaval Social (2).jpg

Carnaval Social (15).jpg

Assessoria de Comunicação – Ibicaraí

INQUISIÇÃO MIDIÁTICA

(em memória do prefeito de Itapitanga, Bahia, Dernival Dias Ferreira)

Por Luciano Veiga*

A inquisição foi criada na Idade Média, século XIII e perdurou por muitos anos. Nela, os tribunais julgavam todos aqueles considerados uma ameaça ao conjunto de leis vigentes – notadamente aquelas que eram de interesse de uma instituição.
Os suspeitos eram perseguidos, julgados e condenados. As penas variavam desde a prisão temporária ou perpétua até a morte na fogueira. Aos condenados, não lhes eram dado o direito de saber quem os denunciavam além de suas defesas serem negadas. Em contrapartida, podiam dizer os nomes de todos seus inimigos para nova investigação pelo tribunal.
Eram caçados, presos, mortos e humilhados. Contudo, mais que a exposição dos seus corpos inertes nas ruas eram as suas verdades e histórias, manchadas pela cor de sangue.
A vida em sociedade é cíclica. Tanto pelas repetições das melhores práticas, quanto pelo retorno daqueles péssimos exemplos que, infelizmente, a humanidade vivenciou, mas a história nos retroalimenta e nos faz ver e sentir as suas cicatrizes e consequências.
A inquisição é uma tentativa de legislar a barbárie, através da desmoralização das instituições, do Estado, das pessoas – levando ao caos.
Construir tribunais, pronunciar julgamentos, destruir pessoas e o Estado democrático de Direito é retroceder para as trevas. Neste tempo, quem tinha uma fogueira acesa dominava o fogo: era o senhor da luz.
Hoje, nos comportamos como tal, entre o fogo e a luz. Entretanto, o fogo que nos aquece, também queima e deixa marcas que o tempo não apaga.
Ao “queimar” a honra de uma pessoa, agindo como na época do Tribunal de Inquisição, utilizando das leis medievais, expondo aquele corpo e alma às ruas e sem dar o direito à defesa ou a um julgamento justo, voltamos, disfarçadamente, ao século XIII. As armas, aqui, não são mais a fogueira e nem a forca. São as palavras ditas e/ou escritas, mas com ecos tão fortes que atravessam fronteiras e continentes, tornando as “falk news”, a sua guilhotina.


Ao viver em sociedade, é necessária a construção de um instrumento legal e constitucional. Ele é somado a um escopo federativo (Executivo-Legislativo-Judiciário), regido pela representação direta e indireta, que é exercido por pessoas que acertam e erram, são aplaudidos ou punidos, mas desde que lhes garantam a justiça e o espaço para desenvolverem o seu melhor.

luciano2.jpg
É preciso mudar os fatos que são negativos e até mesmo muito dos nossos representantes. Contudo, se for o caso, façamo-lo pelo voto e não pelo rancor e ódio.
Administrar massas falidas como as da União, Estado e Municípios (estou falando da estrutura federativa e não do país) é de um esforço hercúleo. E lembremo-nos, sempre, que fomos nós que os elegemos. Em função disso, podemos cobrar, mas também ter a consciência de que onde há deveres – há obrigações. Aqui todos somos iguais e responsáveis: espelhamos nós mesmos.


Onde nos levará essa inquisição da política e dos políticos?
A sociedade, como uma boa árvore, já foi uma semente. Para começar a dar os seus frutos foi necessário, dentre outros elementos, a luz. E ela sabia se revezar entre o dia e a noite.
Sejamos, pois, vigilantes e justos. Precisamos saber e reconhecer que a vida é cíclica. E como se diz, popularmente, que o mundo é redondo e gira em torno de um eixo, podemos ser firmes no discurso, mas leal e honesto no seu conteúdo.


Em vez de perdemos vidas, vamos plantar o respeito, tolerância e convivência. Assim, podemos colher a democracia.

* Luciano Veiga – Administrador e Especialista em Planejamento de Cidades (UESC).

A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) tornou público edital para processo seletivo para Área Básica de Ingresso (ABI) das Licenciaturas Interdisciplinares (LIs) de 1º ciclo da Rede Anísio Teixeira de Colégios Universitários (CUNI), com ingresso em 2018.2. Os CUNIs são uma rede de unidades de ensino da UFSB que funcionam dentro de uma escola estadual. 

molde-fotos-destaques-materias.jpg

A Área Básica de Ingresso dá acesso às LIs da UFSB, que são compostas por uma etapa de Formação Geral (1 ano de duração), seguida por uma etapa de Formação Específica (2 anos e meio de duração) em uma das seguintes áreas: 

a. Licenciatura Interdisciplinar em Artes e suas Tecnologias; 
b. Licenciatura Interdisciplinar em Ciências da Natureza e suas Tecnologias; 
c. Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Humanas e Sociais e suas Tecnologias; 
d. Licenciatura Interdisciplinar em Linguagens e suas Tecnologias; 
e. Licenciatura Interdisciplinar em Matemática e Computação e suas Tecnologias. 

A seleção das/os candidatas/os às vagas disponibilizadas por meio deste edital será efetuada exclusivamente com base nos resultados obtidos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) referente aos anos 2017 ou 2016. 

Para este processo, foram ofertadas 280 vagas distribuídas nos 8 CUNIs, sendo eles: Ilhéus, Itabuna, Ibicaraí, Coaraci, Teixeira de Freitas, Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália e Itamaraju 

As inscrições serão efetuadas exclusivamente pela internet, por meio do endereço eletrônico http://selecao.ufsb.edu.br/abi/, entre os dias 22 e 26 de março. O início das aulas está previsto para o dia 04 de junho. 

O Edital pode ser visto no link: EDITAIS 2018 - EDITAL Nº06

AMURC
Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia

(73) 3613-5114
Rua Almirante Tamandaré, 405 - Duque de Caxias
Itabuna - BA, 45600-741 

© Copyright 2018 AMURC  | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por: logo oxente n