Ilhéus sedia seminário que discute gestão, conselho e políticas culturais

Teatro_Municipal_de_Ilhéus_-_Secom.jpg

“Gestão, conselho e políticas culturais: o lugar da cultura na gestão pública” é o seminário que acontece nos dias 29 e 30 deste mês e 1º de outubro, no Teatro Municipal. A abertura está marcada para as 19 horas do dia 29, com a primeira ‘Roda de conversa’ sobre “Pontos de cultura para além do cultura viva”, com a participação de Lula Dantas, presidente da Associação do Culto Africano Itabunense e Cris Alves e Pedro Jatobá, integrantes do pontal Instituto InterCidadania (Iteia).

=No segundo dia do evento (30), a partir das 11 horas, a ‘Rosa de conversa’ será mediada pelo coordenador de relações institucionais da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), Kuka Matos. Na oportunidade, serão apresentadas experiências de sustentabilidade e articulações que podem fortalecer os pontos de cultura mesmo depois do financiamento público. Os encontros ocorrem ainda das 8 às 12 e 14 às 18 horas; e no dia 1º de outubro, das 9 às 12 e 14 às 17 horas.

De acordo com o curador Pawlo Cidade, “o diálogo com o Ministério da Cultura (MinC) sobre pontos de cultura está fragilizado. Há tentativa de desestabilização dos movimentos instituídos e isso influi diretamente no financiamento. Precisamos encontrar estratégias que apontem caminhos para os pontos e as ‘Rodas de conversa’ podem ser um norte”.

Para participar da ‘Roda de conversa’ basta se inscrever no seminário através do blog www.gestaodacultura.blogspot.com. A iniciativa é da Comunidade Tia Marita, em parceria com a Secretaria de Cultura de Ilhéus (Secult). O apoio institucional é da Córdula Responsabilidade Cultural, Fórum de Agentes, Empreendedores e Gestores Culturais do Território Litoral Sul (Faeg-Sul) e Iteia. O apoio cultural é da Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Sebrae e Ilhéus FM.