Prefeitura de Aurelino Leal Oferece Atendimento Odontológico de qualidade para população

WhatsApp-Image-2017-09-27-at-10.56.34-AM-2-500x281.jpeg

Com o objetivo de garantir cada vez mais serviços básicos de saúde à comunidade, a Prefeitura de Aurelino Leal investiu em reforma e construção de Unidades de Saúde, além da instalação de setores fundamentais, a exemplo de consultórios odontológico em todas as Unidades de Saúde da Família do município.

Os consultórios estão em pleno funcionamento e equipados com Cadeiras Odontológicas, Raio-X, Cuba ultrassônica, Aparelhos de Profilaxia, Autoclave, Negatocóspio, Fotopolimerizadores e outros.   De acordo com o secretario de saúde, Waldson Souza, a média de atendimento tem chegado a 20 por dia. Ao todo, quatro cirurgiães dentistas trabalham nas unidades, realizando procedimentos preconizados pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Os atendimentos vão desde a prevenção, que incluem limpeza, raspagem e aplicação de flúor, até extrações e procedimentos de urgência. Ainda segundo Waldson Souza, os casos de realização de canal e próteses são encaminhados às unidades que possuem especialista.

20031777_687885718061477_495789551415234922_n-400x300.jpg

A ordem dos atendimentos é dividida entre demanda espontânea, em que há a distribuição diária de senhas, e agendamento para os tratamentos iniciados e que são realizados sempre com o mesmo dentista.  O serralheiro Ednilson iniciou seu tratamento nesta segunda-feira (25), e já tem data marcada para voltar com ao Consultório.

“O atendimento foi muito legal, bem organizado. Está bem melhor. Os médicos atendem muito bem e eu estou feliz que vou conseguir dá um grau nos meus dentes”, comemorou.

De acordo com a Gestora Municipal, Liu Andrade,  o município hoje tem 110% de cobertura em USF e Consultórios Odontológicos, algo que é raro encontrar em outros municípios dos estados brasileiro, e a SMS tem feito acompanhamento do cumprimento de escalas dos médicos lotados tanto em todas as unidades, e com isso foi possível constatar que as equipes médicas têm conseguido atender a demanda nos bairros, distritos e assentamento, fazendo com que a chegada de casos de atenção básica no Hospital do município diminua em até 50%.

Outra que sentiu a melhora do atendimento depois da reforma de uma das unidades foi a dona de casa, Lia do São Cosme, que foi até ao Zuleica de Freitas para uma consulta. Ela faz tratamento de Pré- Hipertensão e precisa da receita médica para poder receber a medicação controlada. “A médica me recebeu muito bem, me ajudou bastante. Ela é uma pessoa muito boa. O que ela podia fazer pela gente, ela fez”, contou.