Banco do Nordeste apresentou critérios para adesão ao Prodeter

Na reunião do Fórum Regional de Gestores Municipais de Agricultura e de Desenvolvimento Econômico – Freade, nesta terça-feira, 17, secretários foram orientados sobre os critérios para adesão ao Programa de Desenvolvimento Territorial – Prodeter do Banco do Nordeste, que visa desenvolver uma unidade sustentável nos municípios, de fomento econômico, social e ambiental.


O BNB vai investir na agricultura dos municípios da região, a partir de um projeto construído com a participação da Amurc, Uesc, Freade e Território Litoral Sul. De acordo com a Agente de Desenvolvimento do Banco, Vandelucia Cordeiro, o projeto será fundamentado na modelagem e no formato de Sistema Agroflorestal - SAF, Pagamento por Serviços Ambientais - PSA, os bolsões verdades, com as hortaliças e animais de pequeno porte.


O projeto leva em consideração a sustentabilidade nos municípios, atendendo aos aspectos sociais, ambientais e econômicos. Os municípios terão o acompanhamento de todas as políticas públicas dentro dessas unidades, a exemplo de Cefir, Cadastro de Regularização Fundiária, Daps, Assistência Técnica e o apoio das prefeituras municipais. Para aderir ao projeto será feita uma seleção de municípios, seguida das associações e dos agricultores familiares.

Reunião-do-Freade-Vandelucia-em-pe-2.jpg


Para a secretária de Agricultura de Ibicaraí, Telma Elízia de Matos, iniciativas como essa fortalece as secretarias municipais que lutam pelo reconhecimento da agricultura como um segmento importante para o desenvolvimento dos municípios. “Ações compartilhadas fortalece todos nós, e é de tamanha importância para a nossa região”.


O Freade reuni gestores que representam as secretarias de Agricultura e Meio Ambiente dos municípios do Território Litoral Sul e tem o objetivo de buscar a resolução das principais demandas do setor na região.