Secretários de educação se reúnem em Itabuna para planejar ações de 2018

educacao_infantil2-624x415.jpg

Encontro acontece no próximo dia 21 e fecha série de sete reuniões realizadas ao longo do ano.

Itabuna recebe, no próximo dia 21, o 8º Encontro Forsec (Fórum de Secretários de Educação da AMURC). O evento terá como foco a validação dos desafios regional e a elaboração do Plano Regional que começará a ser implementado em 2018.

“Conseguimos muitos avanços este ano, como aproximar os secretários, ajudar os municípios a realizar seus diagnósticos e mapear prioridades”, diz o coordenador do projeto RAE Bahia (Rede de Apoio à Educação, iniciativa dos Institutos Natura e Arapyaú), André Lopes. “O próximo passo é identificar o problema regional e planejar as ações de 2018 para solucioná-lo”, completa.

Além da RAE Bahia, a reunião também é uma iniciativa da Associação dos Municípios da Região Cacaueira da Bahia (AMURC), em parceria com a Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Profissionais da consultoria Oficina Municipal apoiam o encontro.

Os munícipios baianos convidados para a reunião são: Almadina, Arataca, Aurelino Leal, Barra do Rocha, Barro Preto, Buerarema, Camacã, Camamu, Canavieiras, Coaraci, Dario Meira, Firmino Alves, Floresta Azul, Gandu, Gongogi, Ibicarai, Ibicuí, Ibiranpitanga, Igrapiúna, Iguaí, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajú  do Colônia, Itajuipe, Itapé, Itapetinga, Itapitanga, Itarantim, Ituberá, Jussari, Maraú, Mascote, Nova Canaã, Pau Brasil, Santa  Cruz da Vitória, Santa Luzia, São  José da Vitória, Ubaitaba, Ubatã, Uma, Uruçuça e Wesceslau Guimaraes.

 

Jornalistas interessados podem acompanhar o encontro, que acontece a partir das 8h30, no Auditório Master do Hotel Tarik (Av. Aziz Maron, 1141).

O Instituto Natura (iN) – www.institutonatura.org.br - é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) que busca contribuir com a transformação da educação pública no Brasil e nos países da América Latina onde a Natura atua. Criado em 2010 com a visão de criar condições para cidadãos formarem uma comunidade de aprendizagem, o iN desenvolve e apoia iniciativas para professores, escolas, gestores públicos e consultoras Natura. Também dissemina e fomenta a discussão sobre os temas: escola em tempo integral, regime de colaboração e princípios de comunidade de aprendizagem.