Municípios baianos comemoram emancipação política nesta sexta-feira (8)

Arataca foto do vermelhinho

As cidades de Arataca, Jussari e Santa Luzia completam 29 anos de emancipação política administrativa nesta sexta-feira (8). Localizados na região Sul da Bahia, os municípios possuem histórias diversas durante a ocupação de seus territórios, que na década de 1980 vivenciaram os tempos áureos da produção de cacau.

Em Arataca, a sua população foi estimada em 10.392 habitantes pelo Censo 2010 do IBGE. Já chegou a ter cerca de 18.000 habitantes no auge do cacau da Bahia. O município foi criado por força da Lei Estadual de 09.05.1985, com território desmembrado de Una, recebendo a denominação de Arataca. A sede foi elevada à categoria de cidade, quando da criação do município.

Jussari foi desmembrado do município de Itabuna, elevando-se assim à categoria de município em 09 de maio de 1985, através da Lei nº 4.448, e recebeu esse nome por existir na região bastante palmeiras de nome juçara (nome de origem indígena), que tinham grande utilidade para a população na confecção de portas, coberturas de casas e fabricação de remédios.

Já os primeiros ocupantes do território de Santa Luzia, foram imigrantes oriundos do Distrito de Jacarandá, pertencente ao município de Canavieiras, por volta de 1914. Com a chegada destes imigrantes, surgiu o Povoado de Santa Luzia, na década de 1950. Por volta de 1953, o Povoado passa a ser subordinado administrativamente ao município de Canavieiras. Por força da Lei Estadual nº 4.443, de 09 de maio de 1985, publicada no Diário Oficial de 10 de maio de 1985, foi desmembrado do município de Canavieiras e elevado à categoria de município.

 festa

missa