Notícias

Como alternativa de dar continuidade ao aprendizado dos alunos da Rede Municipal durante a quarentena, no último dia 06 de julho, a Secretaria Municipal de Educação de Santa Cruz da Vitória deu início ao uso da Plataforma de Ensino Digital em Casa (PEDEC), para atender as turmas do 9º ano da Rede Municipal de Ensino.

As primeira aula foi importante para testar a capacidade da internet e o desempenho dos alunos e professores com a nova ferramenta de ensino. A partir desta próxima semana, haverá o início das demais turmas do Fundamental II e progressivamente serão incluídos os alunos do Fundamental, anos iniciais.

Após a aquisição da plataforma, no mês anterior, a Secretaria de Educação iniciou o trabalho de capacitação de professores, técnicos, gestores e toda coordenação, também realizou reuniões com pais e responsáveis para apresentar as orientações quanto ao uso da PEDEC. Todo o processo foi acompanhado através do departamento pedagógico, o Conselho Municipal de Educação, órgão normatizador da Educação no município, também fez parte da validação e da efetivação da implantação da plataforma digital, para que a mesma tivesse sua eficácia garantida.

IMG-20200712-WA0105-e1594603461267.jpg

Educação durante a pandemia
Seguindo as recomendações de prevenção e combate ao COVID-19, aulas presenciais em todo o país foram suspensas temporariamente. Com esta determinação, escolas privadas e particulares de todo país, em caráter de emergência, passaram a adotar atividades de forma remota.

As aulas remotas têm sido um desafio para gestores, professores, alunos e também para as famílias. Plataformas como estas já existem em alguns sistemas de ensino, funcionam como uma sala de aula digital, onde professores e alunos podem realizar encontros virtuais para realizaçãode aulas. Em tempo de distanciamento, a plataforma ajudará os professores a gerenciar e realizar as atividades, atribuir notas e deixar demais orientações para os alunos.

O prefeito Carlos André enalteceu todo o empenho da equipe escolar e também dos familiares dos alunos e afirmou que a Prefeitura tem concentrado diversos esforços para que a Plataforma possa estreitar o distanciamento entre alunos e professores. “Nós disponibilizamos a ferramenta para que os nossos alunos não fiquem sem assistência pedagógica durante essa pandemia. Além de ser uma forma que encontramos para que os alunos não tenham prejuízo, é também uma forma de incentivar para que fiquem em suas casas. Estamos enfrentando dias difíceis com essa pandemia, mas a Prefeitura estará sempre atenta a todas as necessidades para tentar diminuir ao máximo os impactos para os nossos alunos,” – finalizou o prefeito.

Nesta sexta-feira, 10, em reunião por videoconferência, representantes da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) entregaram à Prefeitura Municipal de Itabuna, o Plano Municipal de Enfrentamento da COVID-19. A reunião contou ainda com representantes da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), Câmara de dirigentes Lojistas (CDL de Itabuna), Diretoria do Shopping Jequitibá, Secretaria de Saúde e de Indústria e Comércio de Itabuna.

Representantes da Prefeitura de Itabuna, juntamente com as entidades ligadas ao comércio se comprometeram em colocar em prática as recomendações e os protocolos trazidos por documentos elaborados pelos profissionais das universidades, evitando erros que podem resultar no agravamento do atual cenário.

A UESC, UFSB e a Associação dos Municípios da Região Cacaueira (AMURC), chamadas a colaborar com a Secretária de Saúde do município de Itabuna, assinaram um termo de cooperação técnica para contribuir com o município no enfrentamento da pandemia.

Assim sendo, objeto do referido termo, que resultou em diversas reuniões de trabalho com incorporação de segmentos público e privado (setores representativos da Indústria, Comércio e Serviços), com análises, recomendações e construção participativa de documentos, como o Plano Municipal de Enfrentamento à COVID-19 – sendo a elaboração o resultado de um esforço conjunto entre diversas instituições regionais, dirigentes e corpo técnico de diferentes secretarias do município.

Os estudos e as recomendações entregues à Prefeitura Municipal de Itabuna apresentam análises detalhadas sobre os diversos cenários possíveis com a eventual redução do isolamento social e deverão servir de instrumento norteador ao Comitê Municipal de Crise COVID-19, para análise e tomadas de decisões conjuntas com o Poder Executivo.

No cenário atual, reforçamos a necessidade do distanciamento social para todos, isolamento para aqueles que testaram positivo e quarentena para casos suspeitos. Estamos trabalhando para ampliar a comunicação com a sociedade itabunense, para que a mesma possa melhor compreender a ocorrência da doença na nossa cidade, bem como os papéis e responsabilidades no processo de enfrentamento da COVID-19.

Reunião das entidades 10.07.2020.jpeg

Destacar cada vez o potencial turístico de Itacaré para atrair o visitante para a cidade assim que a pandemia passar, mostrando as belezas da natureza, cachoeiras, esporte, aventura, oceano, cacau, chocolate, história, cultura, gastronomia, sol e praia somado a diversidade de cores, sons, sabores fazem do município um destino completo. Esse é o objetivo da campanha Novas Rotas, lançada pela Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria Municipal de Turismo Itacaré, com peças criativas e imagens deslumbrantes que tem o objetivo de acompanhar as novas tendências do mercado pós pandemia e o novo comportamento do viajante que busca os segmentos do turismo rural, turismo de natureza, bem-estar, ecoturismo, turismo de aventura e turismo gastronômico.

canoas.jpeg

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, informou que a ideia é aproveitar esse período em que as pessoas já estão planejando suas viagens para quando a pandemia passar e mostrar as potencialidades que fazem de Itacaré um destino completo onde cada visitante pode escolher a sua rota turística, respirar, viver, curtir a cidade. “Em meio à crise sempre tem oportunidades e acreditamos que o turismo de natureza é a grande tendência. Itacaré mais uma vez sai na frente com novos produtos turísticos para uma retomada forte do Turismo” disse o prefeito António de Anízio.

E um dos destaques é a Rota do Esporte e Aventura. Com belas imagens e vídeos a campanha mostra como e onde praticar diversos esportes náuticos como stand-up paddle, canoagem, canoa havaiana, jet-ski, surf, caiaque e muito mais. No distrito de Taboquinhas, as dicas são para a prática do rafting e do rapel na Cachoeira do Noré. Já o circuito de arvorismo é considerado um dos mais belos do Brasil, com tirolesas com vistas panorâmicas atravessando a mata e o mar, mountain bike, kite surf, sem falar no surf para todas as idades.

CAMPANHA - Os símbolos das Novas Rotas turísticas dão o tom da campanha – Rota Turística das Cachoeiras, Rota Natureza, Rota do Cacau & Chocolate, Rota do Esporte & Aventura, Rota Oceânica, Rota da História & Cultura, Rota do Sol e Praia, criadas a partir da logomarca Itacaré – Um Destino Completo.

A campanha conta com as logomarcas, cards feed e estoires para posts nas redes sociais, e-mails marketing e vídeos. São um total de 10 vídeos produzidos para campanha que começa com o vídeo apresentando todas as novas rotas turísticas, em seguida vídeo de cada rota turística e por último o vídeo com os protocolos de segurança para a retomada do turismo de Itacaré, dando forma e voz a campanha. As imagens retratam os novos produtos turísticos de Itacaré e sintetizam o senso de ação, colaboração e união em prol de Itacaré.

Segundo o secretário de Turismo de Itacaré, Júlio Oliveira, a campanha destaca o turismo de experiência e segurança, uma variedade de opções - para relaxar ou curtir, aproveitar a natureza ou a praia - são apelos ainda mais decisivos para despertar nas pessoas o desejo pelas experiências que cada Rota Turística pode proporcionar e apresentar Itacaré pós pandemia para todos. “Mais do que uma ação coletiva para a promoção das novas rotas turísticas de Itacaré, essa campanha é sobre sentimento de pertencimento e união, e para que, unidos o poder público e trade turístico sejam ainda mais fortes para incentivar a retomada do turismo” afirma o secretário.

WhatsApp Image 2020-07-08 at 12.30.54 (2).jpegWhatsApp Image 2020-07-08 at 12.30.54 (3).jpeg

WhatsApp Image 2020-07-08 at 12.30.57.jpeg

WhatsApp Image 2020-07-08 at 12.30.57 (1).jpeg

WhatsApp Image 2020-07-08 at 12.30.54.jpeg

WhatsApp Image 2020-07-08 at 12.30.54 (1).jpeg

WhatsApp Image 2020-07-08 at 12.30.53.jpeg

WhatsApp Image 2020-07-08 at 12.30.53 (1).jpeg

 

A Associação dos Municípios da Região Cacaueira (Amurc) foi representada nesta terça-feira, 7, pelo secretário executivo, Luciano Veiga, no lançamento virtual do programa Amana, que foi elaborado pelos departamentos da Universidade Estadual de Santa Cruz - Uesc, com o objetivo de implementar ações conjuntas, visando a retomada da economia em 43 municípios da região, após a crise instalada pelos efeitos do Coronavírus.

WhatsApp Image 2020-07-07 at 10.42.27.jpeg

Segundo o professor Gustavo Joaquim Lisboa, que integra a comissão de coordenação do programa, a iniciativa prevê a disseminação de informações e ações de extensão através de cursos, capacitações, consultorias e assessorias para os segmentos públicos e privados, destinados ao seguinte público alvo: pessoas físicas, empreendedores informais, micro e pequenas empresas e gestores públicos municipais.

O Reitor Alessandro Fernandes de Santana ressaltou a importância fundamental das instituições parcerias para o desenvolvimento do programa Amana. Ele citou o exemplo da Amurc, com quem tem promovido ações conjuntas através do Programa de Apoio Gerencial e Institucional às Prefeituras do Território Litoral Sul - Agir-LS, desde 2011, e que hoje, soma 11 fóruns de secretários municipais das diversas áreas da gestão pública.

Ao mesmo tempo, o reitor destacou que a universidade tem ampliado o seu leque de atuação e ação para servir a sociedade, e contribuir para o desenvolvimento econômico da região. Recentemente, a instituição remodelou um dos laboratórios e está fazendo o teste do Coronavírus, com o objetivo de desafogar a realização de testes pelo Lacen. De 40 testes/dia, a Uesc passará a realizar 200 diários, com aquisição recente um extrator.

“Em uma crise tão difícil, a Uesc vem mostrar uma palavra de esperança e de incentivo. Todos nós seremos capazes de unir esforços e o protagonismo é de todas as instituições”, ressaltou o reitor, que fez um convite aos prefeitos dos 43 municípios envolvidos no projeto, no sentido de fornecer uma sala para que a universidade possa realizar todas as ações de pesquisa e extensão no próprio município.

O secretário executivo da Amurc, Luciano Veiga representou o presidente da Amurc, que também é prefeito de Firmino Alves, Aurelino Cunha, e ressaltou a importância da Uesc na luta contra o Coronavírus, “a coragem da Uesc na linha de frente para compor um cenário de participação de especialistas para avaliar melhor momento para a retomada das atividades econômicas".

Parceiros

      Juntamente à Amurc, a Uesc contará com a parceria de: Governo do Estado, Bahiagás, Caixa Econômica Federal, Associações Comerciais de Itabuna e Ilhéus, Ceped, Sebrae e todas as prefeituras da região.

WhatsApp Image 2020-07-07 at 10.38.22.jpeg

Durante uma reunião remota nesta segunda-feira, 29, representantes de instituições parceiras ligadas as universidades, estadual e federal do Sul da Bahia apresentaram ao prefeito de Itabuna, Fernando Gomes e à equipe de governo, os protocolos e as recomendações técnicas a serem seguidas pelo município ao optar pela abertura segura de estabelecimentos do comércio, da indústria e de serviço da cidade.

Reunião com representantes do município e entidades comerciais.jpg

           O plano de contingência da COVID-19 em paralelo aos protocolos técnicos contempla a análise científica do atual índice de isolamento das pessoas na cidade, que está em 38%, do ritmo de contaminação, que está em 1,28 e precisa ser trazida para abaixo de 1, além de outros parâmetros que necessitam ser monitorados e divulgados diariamente. Os dados foram apresentados pela equipe técnica da Uesc e UFSB, que apontaram a necessidade de envolvimento de todos os segmentos representados para o acompanhamento de uma possível abertura do comércio.

Ainda segundo o estudo, se faz necessária a testagem ativa, documentada e planejada dos segmentos, o controle de clientes no interior dos estabelecimentos através de aplicativos, o lockdown em bairros com maior índice de contágio, o retorno ampliado e com limitação de passageiros por unidade da frota de transporte coletivo, a ampliação dos leitos de UTIs do Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães (Hblem), a abertura de abrigos Covid, análise diária dos dados com revisão semanal e a necessidade da população obedecer às medidas de prevenção.

Dentre as recomendações foi destacada a necessidade de Itabuna ter o comitê de crise estruturado, visando debater e definir ações. Ao mesmo tempo, torna-se necessário a criação de subcomissões técnicas, a partir do engajamento social de técnicos da saúde, educação e comunicação; reunir responsáveis por estruturar o plano com técnicos de saúde, educação, assistência social, agricultura, desenvolvimento sustentável, fazenda e transporte.

Num segundo ciclo, a proposta visa contemplar o sistema de saúde e economia, mobilidade urbana e bem-estar. A capacidade instalada desses setores vai convergir com os princípios de comunicação e transparência, a partir de ferramentas estratégicas, a abordagem zoneada através da definição de medidas de retomada por zona da cidade e o engajamento social com a adesão da população às restrições sociais com o envolvimento de vários setores da sociedade.

No que diz respeito à avaliação de risco na mudança de fase, foi apresentado o Instrumento para apoio à tomada de decisão na resposta à pandemia da Covid-19 na esfera local para ser aplicado em Itabuna. A análise deverá ser feita a partir de um conjunto de indicadores que avaliará as ameaças e vulnerabilidades do sistema de saúde no âmbito local, relacionadas à capacidade de atendimento e cenário epidemiológico.

A avaliação de risco deve ser realizada semanalmente pelo gestor local, enquanto estiver declarada a Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN), levando em consideração o compartilhamento da rede de atenção à saúde. Orienta-se que uma reavaliação semanal seja realizada para estimar o quanto a adoção da medida foi eficaz para a redução do risco. Caso o risco tenha aumentado, deve-se adotar uma medida de distanciamento social mais rigorosa. Caso o risco tenha reduzido, deve-se adotar a medida de distanciamento social imediatamente anterior à que foi adotada.

Reiterou-se que a decisão da flexibilização do isolamento social, com a retomada de atividades econômicas em fases escalonadas será de decisão do Chefe do Executivo, cabendo a este grupo contribuir com informações técnicas que resulte na mitigação dos riscos. Importante o entendimento, pactuação e cumprimento das recomendações antes de tomada de decisão da reabertura das atividades econômicas não essenciais, para melhor garantia do efeito positivo do ato.

Participaram da reunião, representantes das seguintes instituições: Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Associação dos Municípios da Região Cacaueira (AMURC), Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), Câmara de dirigentes Lojistas (CDL de Itabuna), Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista do Município Itabuna (SINDICOM), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Câmara Municipal de Vereadores de Itabuna, Diretoria do Shopping Jequitibá, Prefeitura Municipal de Itabuna, Secretaria de Saúde de Itabuna e Secretaria de Transporte e Trânsito (Sesttran).

Nota de pesar - Almir Melo

NOTA DE PESAR

É com profundo pesar que a Associação dos Municípios da Região Cacaueira (Amurc) recebeu a notícia de falecimento do ex-prefeito de Cananvieiras, Almir Melo, ocorrido neste domingo, 28.

Com 50 anos de história na vida pública, Almir atuou no comando do Poder Executivo por quatro mandatos, período em foi eleito Presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e, em seguida, participou de decisões da diretoria executiva da Amurc, na região.

Com passagens pelos governos, Estadual e Federal, Almir deixa um grande legado na política do Sul da Bahia.

O momento é de grande tristeza e comoção para toda a sociedade de Canavieiras. Rogamos a Deus que conforte a população, os familiares e os amigos por esta perda irreparável.

prefeitodecanavieiras.jpeg

Nota de Pesar - Félix Mendonça

A Associação dos Municípios da Região Cacaueira (Amurc) e o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Litoral Sul lamentam profundamente o falecimento de Félix Mendonça, nesta sexta-feira, 26, por conta do Novo Coronavírus. Na administração pública atuou como prefeito de Itabuna (1963-1966), deputado federal (1983-2011) e estadual (1967-1971).

Nesse momento de grande tristeza para a sociedade de Itabuna e região, rogamos a Deus que conforte a família e os amigos por esta perda inestimável e renove a esperança de todos para o fim dessa pandemia mundial.

luto202.jpg

Representantes de instituições parceiras ligadas ao comércio, ao município e as universidades, estadual e federal do Sul da Bahia estiveram reunidas por videoconferência nesta quinta-feira, 25 de junho, para tratar do Plano de Contingência COVID-19, em paralelo ao Plano e os Protocolos para a Reabertura do Comércio, Indústria e Serviços de Itabuna.

Reunião das entidades sobre o plano de reabertura do comércio.jpg
Reunião das entidades sobre o plano de reabertura do comércio

Participaram da reunião, representantes das seguintes instituições: Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Associação dos Municípios da Região Cacaueira (AMURC), Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), Câmara de dirigentes Lojistas (CDL de Itabuna), Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista do Município Itabuna (SINDICOM), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Diretoria do Shopping Jequitibá e Secretaria de Saúde de Itabuna.

O encontro teve como finalidade convergir propostas e ações, que consigne no consorciamento do Plano de Contingência COVID-19 com o Plano e Protocolos de Reabertura do Comércio, Indústria e Serviços. As tratativas estão sendo trabalhadas no sentido de apresentar recomendações de caráter científico que melhor se molde à realidade pandêmica de Itabuna, que resulte no cuidado com a vida e com a economia.

As recomendações serão apresentadas nesta segunda-feira, dia 29/06/2020, às instituições acima mencionadas para contribuição e melhoria, e, posterior apresentação ao chefe do Executivo, Secretaria de Saúde do Estado da Bahia e ao Ministério Público, objetivando definir deliberações de responsabilidades das partes envolvidas.

No cenário atual, reforçamos a necessidade do distanciamento social para todos e isolamento para aqueles que testaram positivo. Estamos trabalhando para ampliar a comunicação com a sociedade itabunense, para que a mesma possa melhor compreender a ocorrência da doença na nossa cidade, bem como os papéis e responsabilidades no processo de enfrentamento da COVID-19.

AMURC
Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia

(73) 3613-5114
Rua Almirante Tamandaré, 405 - Duque de Caxias
Itabuna - BA, 45600-741 

© Copyright 2018 AMURC  | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por: logo oxente n